Ultimas Notícias de Israel

Curso de Hebraico Online

Apenas dois dias após o fim da guerra entre o Estado de Israel e o Hamas no sul do país, a mais nova ameaça ao povo de Israel é ISIS, o braço mais extremista do Al-Qaeda que já está ameaçando a paz do povo escolhido.

Segundo os meios de comunicação, o Estado de Israel e o Hamas concordaram em um cessar fogo em 26-08-2014 às 19:00 hs de Israel.

Ainda segundo ambas as partes, o acordo está baseado na proposta egícia que foi feita e mais de 45 dias atrás.

Enquanto o Hamas endurece sua posição e ataca com centenas de mísseis todos os dias os vilarejos no sul de Israel, as Forças de Defesa de Israel estão tirando a luva e revidando com toda força.

O terror palestino do Hamas não têm limite, durante este dia, três motoristas israelenses que chegaram transportar palestinos feridos de Gaza para hospitais em Israel e acabam sendo feridos pelos morteiros dos terroristas.

Durante a noite de ontem o Povo de Israel foi atacado por três frentes, uma no sul e dua no norte do país.

As Forças de Defesa de Israel mandaram um duro recado ao Hamas e a população de Gaza após a morte do menino israelense de quatro anos de idade:

"Tooda casa de onde forem disparados mísseis será completamente destruida independente se há civis ou não".

O Primeiro Ministro do Estado de Israel mandou o recado ontem para o grupo terrorista do Hamas:

Vocês mataram uma criança de apenas 4 anos e por isso pagarão um preço alto.

Desde ontem até hoje no final da Tarde, segundo dados do próprio Hamas, foram executados em público 27 palestinos que segundo o grupo terroristas são cooperadores de Israel.

No fima da tarde de 22-08-2014 após uma série de disparos de mísseis na região próxima a Faixa de Gaza, um menino de apenas 4 anos morreu após ter sido atingido por fragimentos de um dos projéteis.

Nas imagens ao lado vocês podem ver uma série de terroristas eliminados pelas Forças de Defesa de Israel esta semana.

Entre os eliminados está Mohammed Al-Atar o responsável pelo sequestro e o cativeiro do soldado Gilat Shalit que passou nada menos do que cinco anos no cativeiro do Hamas.

Desde ontem, após o Hamas ter violado o cessar fogo contra o Estado de Israel, as Forças de Defesa de Israel vem atingindo todo alvo considerado legítimo em Gaza mesmo com o risco de atingir civis.

Poucas horas antes do término do cessar fogo em Gaza, terroristas do Hamas voltaram a disparar mísseis contra os vilarejos de Israel, o resultado já era esperado, o fim da trégua.

As Forças de Defesa de Israel estão atacando novamente todas as posições terroristas na Faixa de Gaza e caçando via aéria os ativistas do Hamas.

A triste realidade na faixa de Gaza parece que pode mudar, se não agora, em uma questão de meses.

Palestinos que tinham medo de criticar o governo terrorista do Hamas estão aos poucos criando coragem e falando abertamente daquilo que estão passando.

Parece que a saga no Oriente Médio não termina nunca, Israel e Hamas concordaram em manter uma trégua por mais cinco dias para dar chance a um acordo definitivo de cessar-fogo.

Hamas viola trégua disparando mísseis contra o Povo de Israel 1 hora antes do final do cessar fogo de 72 horas.

O Estado de Israel por sua vez concordou em expandir o atual cessar fogo por mais 72 horas afim de dar mais uma chance a diplomacia.

Cão que late não morde, o Hamas ameaçou reiniciar a meia-noite os bombardeios contra Israel, mas quem está movendo as forças para a fronteira com Gaza é o Exército de Israel.

Com a proximidade do final das conversações, o porta-voz das Forças de Defesa de Israel emitiu uma nota de impressa pedindo aos cidadãos reservistas do Estado de Israel para se prepararem para uma possível convocação dentro de 24 horas.

O tempo e as situações parece que fazem com que pessoas mudem de opnião, tudo é uma questão de interesse real.

Décadas atrás jamais se falaria de um acordo amplo entre nações árabes e o Estado de Israel, ao contrário, estas só falavam do interesse de varrer a única nação judaica do Mundo da face do planeta.

Ainda há esperança contra o anti-semitismo, o Jornal alemão BILD plublicou ontem ( 12-08-2014 ) uma um artigo lembrando os mortos do lado israelense do conflito em Gaza.

Este é o primeiro meios de comunicação de credibilidade que publica o lado israelense do conflito em Gaza.

Será que realmente o cessar fogo entre Israel e os palestinos vai durar desta vez?

Por quase dez vezes já houveram tentativas de trégua entre o Hamas e Israel e a expressão cessar fogo já é considerada uma piada em Israel.





Produtos em Destaque

Português, Brasil