1000 israelenses serão retirados do Peru

Mais uma vez, o Estado de Israel demonstra que não há outro país que faria o mesmo por seus cidadãos, a empresa aérea EL-AL e o Ministério do Exterior do Estado de Israel chegaram a um acordo para a retirada de cerca de 1000 israelenses que estão impossibilitados de deixar o Peru por causa da crise do Coronavírus.

A decisão foi tomada após empresas particulares terem oferecido o serviço pelo custo de 3000 dólares por cada passageiro, o que para muitos seriam inviável. Mas o Estado de Israel se viu na obrigação de intervir e auxiliar os cidadãos.

A preocupação era de que uma vez, aumentando o número de doentes no Peru, o país não tivesse como cuidar de pessoas que nem mesmo tem cidadania peruana. Os israelenses serão retirados do Peru e os custos não serão passado, mas será absorvido pelo Governo de Israel e a Companhia Aérea EL-AL.

A data para a retirada dos israelense ainda não foi definida mas acredita-se que é uma questão de poucos dias. Obviamente, chegando no país, todos eles deverãoo ficar em quarentena por pelo menos 15 dias.

8 comentários em “1000 israelenses serão retirados do Peru”

  1. Israel, mais uma vez, prova que é capaz de superar desafios e isso é mais um motivo para eu continuar amando e admirando esse país abençoado por DEUS.

    • Sim, claro, daqui 6 meses vamos ver o que tens a dizer…. é acontecer um peido e já é o fim do mundo, pelamordideus!

  2. Israel sempre foi exemplo para o mundo em varias situações, mas principalmente em cuidado do seu povo. Vejo o quanto eles se preocupam com o bem estar dos cidadãos , não só dentro do território nacional mas também daqueles que estão esparramado pelo mundo!!! SHALOM a todos !!!!

Os comentários estão encerrado.