60 incêndios após lançamento de balões do Hamas em Gaza

Terrorismo em balão na Faixa de Gaza: Cerca de 60 incêndios foram combatidos durante o dia (terça-feira) no envelope de Gaza por bombeiros, o JNF, a Nature and Parks Authority e voluntários.

No contexto do aumento de balões incendiários, o chefe do Conselho de Eshkol, Gadi Yarkoni, disse: “Estamos mergulhados na escalada de balões incendiários que estão queimando nossos campos. Temos a sorte de poder superar rapidamente os incêndios e evitar que eles se espalhem e prejudiquem a agricultura.

“Mas claramente esta não é a solução. A solução é política. As repetidas escaladas são o resultado de um impasse político contínuo contra a Faixa e os residentes do envelope são os primeiros a pagar o preço. Quando me levanto todas as manhãs e me lembro de que sirvo aos meus residentes em primeiro lugar, espero ministros do governo Seu compromisso com a segurança dos cidadãos do Estado de Israel que vivem perto da fronteira. “
O porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum, referiu-se hoje ao fechamento da passagem de Kerem Shalom e disse que a ação “é uma medida agressiva, que Israel arcará com as consequências.”

Enquanto isso, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu esclareceu em um tour pela Base Aérea de Hatzor hoje: “Cobraremos um preço alto das organizações terroristas. Concluí agora um briefing e um tour pela base da Força Aérea com o Chefe do Estado-Maior com o Chefe do Estado-Maior e o Comandante da Força Aérea”, disse ele. “Em um raio de 360 ​​graus contra as ameaças ao Estado de Israel. 95% das ameaças vêm do Irã. Eles nos ameaçam com armas nucleares, mísseis de precisão e mísseis estatísticos. O Irã nos ameaça tanto do Líbano quanto de Gaza, bem como de outros lugares”, acrescentou o primeiro-ministro.

Fonte: IsraelHayom

1 comentário em “60 incêndios após lançamento de balões do Hamas em Gaza”

  1. Às vezes,não sei se devo fazer comentários aqui por não ter certeza se não serão apagados ou não pelo moderador.Talvez eu seja bem radical para o pensamento do site.Mas eu leio a Bíblia e sei que inimigo determinado não se contém quando o adversário se mostra fraco.
    Sempre defendi que Israel deve ter medidas cada vez mais duras contra os terroristas.E não ficar só nas ameaças.Bravatas não ganham guerra.
    Na minha opinião,Israel ameaça retaliar mas acaba não fazendo pois a estratégia do Hamas é atacar e depois pedir trégua quando a IDF começa a contra-atacar.E Israel cái nesse engano até que o Hamas resolve atacar novamente.Acorda Israel!!!!
    A resposta,se não for duríssima para eles temerem atacar Israel de novo,de nada valerá ficar só nas ameaças e bravatas.
    E também são inúteis acordos e conversações políticas pois os terroristas nunca cumprem a sua parte.Israel tem farta experi~enciua disso.
    “Ele adestrou as minhas mãos para o combate de sorte que os meus braços vergaram um arco de bronze”(2 Sm 22.35).

Os comentários estão encerrado.