A hipocrisia palestina sem limites de Saeb Erekat

Saeb Erekat sempre foi um dos líderes mais destacados dos árabes palestinos, sempre atacou o Estado de Israel pelo que chamava de Apartheid, racismo, preconceito, violação de direitos humanos, enfim, tudo que nós sabemos que não existe em Israel. A a melhor resposta para estes árabe hipócritas é o que está acontecendo agora mesmo na região.

Os árabes palestinos tropeçam em suas próprias minas e se envenenam em sua própria hipocrisia palestina, Saeb Erekat é o melhor deles.

Além de Israel estar esmagando dezenas de anos de incitação dos países árabes contra o Estado de Israel. O isolamento de Israel na região está simplesmente se desmanchando a medida que toda a sujeira e mentira palestina fica mais exposta a estes países.

O enviado da ONU ao Oriente Médio, Nikolai Mladenov, comentou sobre a transferência do oficial da Autoridade Palestina Saeb Erekat para o Hospital Hadassah Ein Kerem depois que sua condição se deteriorou após a infecção pelo coronavírus.

“Desejo uma recuperação rápida. O futuro do povo palestino precisa de seu compromisso com a paz, a democracia e a obtenção do status de Estado.

“Na batalha contra o coronavírus, você está nas mãos dos melhores médicos de Israel, os heróis que não receberam elogios suficientes”, escreveu Nikolai Mladenov em um comentário sobre Erekat no Twitter.

O que Nikolai Mladenov não sabe ou prefere ignorar, é que não haverá nenhum status de estado palestino, no máximo o que poderá haver é uma autonomia palestina sob a supervisão do Estado de Israel. Outra coisa que Nikolai Mladenov não sabe, é que se vermes como Saeb Erekat e Abbas não existissem, provavelmente esta autonomia já existisse há muito tempo e povo árabe e o turismo na região estaria florescendo.

Saeb Erekat ainda está vivo por que recebeu um coração em um transplante pago pelos contribuintes do Estado de Israel, além disso, todo o tratamento que está recebendo para tentar sobreviver, também está sendo pago pelos contribuintes de Israel. Se estes árabes odeiam tanto Israel e acreditam em suas mentiras, deveriam se recusar a viverem e sobreviveram as nossas custas, tenho certeza que o Mundo sem estes terroristas seria um Mundo melhor.