A pedido do Egito, mais alguns dias para Hamas parar incêndios

Incêndios – Por enquanto o solo e a vegetação estão morrendo, as Forças de Defesa de Israel já estão convocando soldados e colocando baterias anti-aéreas no centro do país, tudo indica que estamos nas vésperas de mais uma grande operação militar em Gaza, a pedido do Hamas.

Hamas é um grupo terrorista que se quer pensa no benefício dos palestinos, uma entrada em conflito com Israel não trará somente um grande número de terroristas, sendo a morte de civis praticamente inevitável mesmo com todo cuidado que tomas as Forças de Defesa de Israel.

O Egito pediu ao Estado de Israel mais alguns dias e mandou o recado para o Hamas, se não pararem dentro de alguns dias, não vamos interferir mais, as Forças de Defesa de Israel estarão livre para agir. Na última rodada violenta no conflito Hamas e IDF, por um fio a Faixa de Gaza não foi praticamente destruída, e parece que este grupo terrorista está convidando os israelenses para desapropriar a região.

O mais triste de tudo isso é que quem mais sofre com a situação é a população civil, se a situação continuar a situação humanitária na região se tornará terrível, e tudo por causa do Hamas.

Crueldade não somente contra Israel e contra a população de Gaza, mas também com animais

Ontem, durante os incêndios na região em torno da Faixa de Gaza, agentes da Autoridade da Natureza e Parques e Jardins encontraram um falcão morto e preso a um artefato incendiário. Segundo uma avaliação que foi feita, o gavião foi capturado pelos terroristas do Hamas e utilizado como transporte de bomba incendiária.

A crueldade deste grupo terrorista está ultrapassando todos os limites e qualquer lógica.

Hamas utilizaram falcão para incendiar campos em Israel