Amanhã: Protestos ou Terrorismo? IDF em alerta

O secretário do Comitê Central da Fatah, Jabril Rajoub, pediu aos palestinos que participem das próximas manifestações da “questão palestina”. Rajoub também pediu às áreas onde o vírus Corona se espalhou para não participar do protesto.

O problema real é que nenhum “protesto” palestino terminou pacificamente, no final das contas, gera uma onda de violência e pode ser categorizado como manifestação terrorista.

Segundo Rajoub, a organização Fatah realizará protestos amanhã em Jericó e no vale do Jordão contra o programa de anexação e soberania, levando em consideração medidas de precaução para a disseminação do Coronavírus.

Durante suas declarações, Rajub ele disse que os palestinos estão enfrentando a epidemia de Coronavírus, que é uma epidemia global, mas também uma “segunda epidemia – a epidemia da ocupação”.

A Autoridade Palestina enfatizou que a declaração da soberania do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu seria como abrir fogo contra o estabelecimento de um Estado palestino, a legitimidade internacional e os acordos assinados entre a AP e Israel, bem como as relações com os países árabes. Jabril Rajoub só esqueceu de comentar que eles mesmos, os palestinos, foram os primeiros a abrir fogo contra os israelenses toda vez que uma tentativa de acordo era proposta por Israel. Além disso, todos nós sambemos que a Terra de Israel, pertence ao povo Judeu, é por isso que é chamada assim, e que os verdadeiros invasores e ocupantes ilegais não são os judeus, mas sim os árabes.

As IDF estão em alerta geral desde que o governo anunciou que deverá anexar a região da Judéia e Samaria ainda esta semana.

Fonte: IsraelHayom – Foto Ilustração: PixaBay.com

1 comentário em “Amanhã: Protestos ou Terrorismo? IDF em alerta”

Os comentários estão encerrado.