Ameaças de terrorismo contra os Judeus nos EUA pode levar a imigração em massa

Em mais um post muito interessante, Kay Wilson, uma judia messiânica que sofreu com um atentado anos atrás onde um palestino árabe matou sua colega com quem fazia a caminhada matinal e feriu-a mortalmente, publicou esta semana uma pequena lista dos atos de terrorismo ou pelo menos da tentativa deles nos EUA, o quadro é alarmante. Leia a seguir o que ela postou em seu perfil no Facebook.

Kay Wilson

“Esta é uma lista não abrangente de ameaças de bomba em comunidades judaicas na América do Norte nos últimos 2 meses. Esta lista não inclui escolas judaicas diárias

4 Jan – 1 ameaça de bomba em Chabad
9 Jan – 15 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos
18 jan – 18 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos
31 Jan – 17 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos
10 fev – 10 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos
20 Fev – 11 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos
21 Fev – 100 lápides profanadas no cemitério judaico, MO.
26 Fev – Mais de 100 lápides profanadas no cemitério judaico PA.
27 Fev – 13 ameaças de bomba em centros comunitários judaicos.

Em outras notícias (ou devo dizer a notícia principal, na verdade, quase a única notícia) alguém desordenou o # Óscar apresentando o melhor filme para La La Land.

Boa noite América. Durma bem.”

Se situação continuar assim e os serviços de segurança e o governo não tomarem as devidas providência, podemos estar diante de uma escalada sem precedentes contra a comunidade judaica nos Estados Unidos, ameaças sobre as comunidades judaicas sempre foram o maior combustível para imigração judaica para o Estado de Israel, então se assim for, bis bis palestinos, sejam bem vindos os judeus, os novos re-patriados dos EUA.