Árabes palestinos podem ter provocado parte do incêndios em Israel?

O estabelecimento de defesa suspeita que alguns dos incêndios que eclodiram hoje na Judéia e Samaria foram causados ​​por incêndios criminosos deliberados por palestinos. As forças de segurança estão trabalhando para localizar suspeitos.

O presidente Reuven Rivlin comentou sobre a onda de incêndios em todo o país e disse: “Acompanho com preocupação as atualizações sobre o incêndio que está se espalhando em vários pontos críticos do país, e meu coração vai para os cidadãos que foram evacuados de suas casas neste momento de ansiedade e estresse.” Rivlin acrescentou: “Eu os fortaleço, nossos bombeiros, vejam o quão duro estão lutando para parar o fogo violento e rezo para que a extinção total seja alcançada em breve.”

O fato é que não é a primeira vez, e provavelmente não será a última que os árabes revoltados, utilizam deste artifício do calor intenso para prejudicar e causar danos, tanto a natureza, quanto aos bens, podendo até mesmo levar a morte de cidadãos israelenses.

Os incêndios continuam, uma parte foi controlada, mas ainda há muito que fazer para combater e o país sair for de perigo. Natanyahu conversou com os e prometeu até mesmo ajuda do exterior caso eles pensassem que é algo realmente necessário.

Ainda, cerca de 5000 pessoas já foram evacuadas de suas casas, mas felizmente ainda não há nenhuma vítima fatal.

Os Incêndios Mais Cedo

Um incêndio começou na área entre Modi’in Illit e Kfar Ha’oranim. Devido a isso, a polícia ordenou a evacuação da primeira linha de casas do vilarejo de Oranim. 25 equipes de bombeiros, assistidas por seis aviões do Esquadrão Elad, estão trabalhando para obter o controle do fogo.

Os residentes do vilarejo de Kfar Oranim perto de Modi’in foram evacuados de suas casas devido a um incêndio que eclodiu na área anteriormente. Várias casas já pegaram fogo, mas ninguém ficou ferido.

Um grande incêndio florestal eclodiu na área de Wadi Ara, perto da vila de Umm al-Qutuf, na área do Conselho Regional de Menashe ( Manassés ). Os bombeiros começaram a controlar a propagação do fogo.

As casas na localidade de Umm al-Qutuf em Wadi Ara foram evacuadas devido ao incêndio que eclodiu antes perto da localidade e por medo de que o fogo se espalhe.

Mais um incêndio em Israel, em um arbusto espinhoso eclodiu na floresta de Churchill, perto da cidade de Nazareth, na Baixa Galiléia. Sete equipes estão trabalhando para tentar controlar o incêndio.

No momento, não há perigo para as localidades próximas. Além disso, os bombeiros estão trabalhando para extinguir a queima de espinhos perto do entroncamento Ilut na região.

Todos os anos, com as grandes ondas de calor intenso na Terra Santa, podem ocorrer incêndios em Israel. Alguns deles são provocados por árabes maldosos, que usam os incêndios como forma de vingança. Porém a maior parte deles é resultado da estática presente quando o ar está muito seco e o calor é intenso no país.

Foto ilustração: PixaBay