Arma secreta de Israel poderá levar o Iran 1.000 anos atrás

Segundo alguns meios de comunicação israelenses e até mesmo fontes internacionais, Israel conta com um armamento secreto que poderá ser usado contra o Iran, caso o mesmo venha a dar continuidade ao seu programa de desenvolvimento de armas nucleares.

No próprio Iran cresce o temor dos líderes exaltados de que o país poderá entrar em guerra contra o ocidente nas próximas semanas. Porém, com a “certeza” de que enganarão o mundo ganhando tempo até atingir a autonomia nuclear completa, o país poderá ser lançado em plena idade média em um instante.

Segundo as fontes militares em entrevista a imprensa nacional, o armamento teria sido desenvolvido pelas indústrias militares de israel e dos Estados Unidos é baseado na mudança de campos magnéticos e não causa danos a natureza, não destrói vidas em massa, somente inutiliza todo tipo de sistema elétrico do país.

Quando este tipo de arma é lançado sobre uma região, um grande campo magnético é lançado contra o solo, o seu retorno para a atmosfera causa a inutilização total de todos os tipos de aparelhos e sistemas ficam completamente obsoletas.

O problema é que desta forma, no Iran, o país ficaria mergulhado na era medieval, onde o aquecimento no inverno era feito com a queima de madeira e a iluminação com a queima do azeite. A população sofreria tanto no inverno quanto no verão, e a economia iraniana voltaria a uma base agrícola conforme era no passado, afinal, não há sistemas de petróleo, indústria ou veículos que funcionem sem motores elétricos. O armamento é conhecido como Electro-Magnetic Pulse.

Israel ainda está exitando em utilizar este armamento por solidariedade com os milhões de inocentes que sofreriam por atitudes impensadas de seus governantes arrogantes, porém, caso o Estado de Israel venha a se sentir realmente ameaçado, não exitarão em utilizá-lo, afinal, o número de mortos caso isto ocorra, será mínimo diante da possibilidade da morte de milhões que vivem hoje na Terra Santa.