Armênia convocou embaixador após crise diplomática com Israel

O Governo da Armênia publicou uma nota dizendo que convocou o seu embaixador em Israel para retornar ao país e realizar uma consulta sobre as vendas de armas israelenses ao Azerbaijão, que estão sendo utilizadas no conflito entre os países.

O governo do Azerbaijão confirmou o uso de armas de fabricação israelense em seus combates contra as forças étnicas armênias em torno de Nagorno-Karabakh, onde fortes confrontos ocorreram nesta semana.

O fato é que a indústria militar israelense, assim como a francesa, americana e russa, não tem como prever se um país realmente utilizará as armas ou se é somente para manter o equilíbrio de forças, como era o caso até recentemente na região.

Os armênios estão protestando contra as exportações de armas israelenses. A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Armênia, Anna Naghdalyan, disse que “o estilo de trabalho de Israel é inaceitável. O ministério precisa chamar de volta seu embaixador em Israel”.

De acordo com o Instituto Internacional de Pesquisa para a Paz de Estocolmo (SIPRI), um importante centro de estudos sobre conflitos e armamentos, Israel teria fornecido ao Azerbaijão cerca de 825 milhões de dólares em armas entre 2006 e 2019.

Essas exportações incluíam drones, munições teleguiada, mísseis antitanque e um sistema de mísseis terra-ar, segundo informações do Banco de Dados de Transferência de Armas do SIPRI.

A pergunta que fazemos é, será que a Armênia vai chamar de volta seu embaixador da Rússia, India, Estados Unidos, Austria e da China? Pois o fato é que a Rússia e a China exportam muito mais armamento para o Azerbaijão do que Israel. E será que o Azerbaijão vai chamar o embaixador da Rússia, Grécia, França e Inglaterra por que eles exportam armamentos para países como a Armênia.

O fato é que havia um acordo de cessar fogo entre a Armênia e o Azerbaijão, e quem violou o mesmo foi a Armênia, e diversas vezes. Enfim, quem tem telhado de vidro não joga pedra no telhado dos outros. A Armênia e os armênios tem muito mais a perder com um conflito diplomático do que o Estado de Israel.

Fonte: YnetNews, IsraelHayom, Reuters

1 comentário em “Armênia convocou embaixador após crise diplomática com Israel”

  1. Israel está se tornando um país mercenário como todos estes que ele tanto denuncia como terroristas essa é a verdade. Mas somente os verdadeiros israelitas e remanescentes é que se salvarão.

Os comentários estão encerrado.