Arqueólogos revelam como era o piso do Templo de Jerusalém

Após anos de pesquisa, os arqueólogos israelenses conseguiram selecionar nada menos que seiscentos pedaços de pisos, todos eles datados do primeiro século da era cristã.

Os pedaços do piso foram encontrados no lixo que foi retirado após a construção ilegal dos palestinos de uma ampliação para a mesquita de Al-Aqsa. Após os detritos serem retirados, os restos do templo foram levados para o vale de Tzurim junto ao Monte Scopus, onde voluntários e arqueólogos fazem a penetração detalhada de cada grama de detrito.

Após décadas de estudos o resultado é impressionante, os arqueólogos declararam aos meios de comunicação em Israel que a re-composição é de alta precisão e desta forma podemos ter uma idéia de como era apenas uma parte do templo glorioso que Herodes construiu, considerado a construção mais luxuosa em todo mundo antigo.

piso-do-tempo-5piso-do-templo-4piso-do-templo3piso-do-templo-2

Além dos pedaços dos pisos encontrados que foram retirados do Monte do Templo, os arqueólogos se basearam em fontes históricas e até mesmo em relatos do Talmud e da Gemara que descrevem a beleza do Templo. Segundo os arqueólogos, os modelos acima foram provavelmente utilizados nos prédios da esplanada do Templo mas ainda não se pode ter certeza se dentro do templo eram os mesmos.

Os pisos de pedra são semelhantes aos encontrados em mansões e palácios de luxo da mesma época em toda Roma, os materiais provavelmente foram importados da Italia, Tunisia, Turquia, Egito e etc.

FOTOS:TZAHI DVIRA