Atentado hediondo no Egito, pelo menos 200 foram assassinados

É simplesmente inaceitável como os próprios muçulmanos não percebem quão diabólico é o seus sistema religioso chamado Islamismo. No atentado hediondo no Egito durante esta tarde de 24 de Novembro de 2017, pelo menos 200 pessoas foram assassinadas cruelmente.

Segundo testemunhas, quatro jipes chegaram ao local, dispararam cargas explosivas e começaram a fuzilar a todos os que viam pela frente. Eles até mesmo tivera a coragem de esperar a aproximação de ambulâncias para fuzilar-las também, deixando um saldo de mortos ainda maior.

O atentado foi feito no momento em que haviam centenas de pessoas em uma mesquita na cidade de Bir al-Abed, localizada a menos de 140 quilômetros da fronteira com Israel.

O ISIS que aparentemente foi derrubado e quase eliminado na Síria e o Iraque, está dando sinais de que no SINAI ainda há muito o que fazer afim de reprimi-lo.

O Governo e o Povo de Israel transmite ao povo do Egito nossas condolências por cada uma de suas baixas. Infelizmente o terrorismo só pode ser combatido com mais violência. O Estado de Israel sempre estará ao lado de qualquer nação que precise de ajuda para combater o terrorismo. O Egito é o país com a história mais longa de PAZ na era moderna com o Estado de Israel.
Até o momento da publicação deste artigo o número de mortos já havia chegado a nada menos que 235 mortos. Que Adonai tenha misericórdia do povo do Egito.

Os comentários estão encerrado.