Atentado na Samaria, palestino atirou em menina de 9 anos e fugiu

Curso Herança Judaica do Novo Testamento

Por volta das 21:20 horas em Israel, uma menina de apenas 9 anos de idade estava voltando das atividades para adolescentes no vilarejo de Pisagot na Samaria, não muito distante e ao norte de Jerusalém. No momento em que ela estava entrando na casa, percebeu um terrorista se aproximando em pouca distância, ela gritou várias vezes e ele disparou contra ela, por causa do barulho o indivíduo se escondeu e logo depois fugiu do vilarejo.

A menina de apenas nove anos foi ferida no pescoço e na orelha, seus pais imediatamente pediram socorro e ajuda dos serviços de emergência enquanto o terrorista palestino fugiu. Ela foi levada para o hospital em estado grave, mas agora está passando muito bem e está totalmente fora de perigo. A coragem da menina que não voltou atrás mas seguiu adiante para avisar os parentes, causando um alerta geral pode ter salvado muita gente, pois em casos semelhantes, terroristas que invadem casas armados, normalmente matam o máximo que podem.

Nas últimas semanas têm crescido o número de incidentes terroristas palestinos, segundo especialistas, podemos estar diante de uma nova onda de terror, principalmente com o avanço das negociações por parte do governo de Israel e da autoridade palestina.