Autoridade Palestina investiu 305 milhões de dólares em terrorismo ao invés de saúde e educação

O Embaixador de Israel divulgou um relatório ao Conselho de Segurança da ONU provando que a Autoridade Palestina ínvia 305 milhões de dólares em terrorismo ao invés de saúde e educação.

Os recursos dos palestinos que muitas vezes são doações de países como o Brasil, a França, Alemanha e Estados Unidos, ao invés de serem investidos para melhorar a sociedade árabe nos territórios de controle da Autoridade Palestina, a mesma desvia os recursos para incentivar o terrorismo.

135 milhões de dólares foram desviados para pagar salários a terroristas e mais 170 milhões de dólares foram desviados para pagar pensão vitalícia para famílias de terroristas palestinos, o que é uma verdadeira vergonha e incentivo ao anti-semitismo e terrorismo desenfreado, assassinar judeus israelenses se tornou a forma mais lucrativa para as famílias palestinas e o mundo inteiro se cala diante de tais atrocidades.