Beitar Illit, uma cidade em quarentena

A Cidade de Beitar Illit na região da Judéia, uma das mais religiosas do país, é a que mais está sofrendo com a pandemia do coronavírus no Estado de Israel, é a única cidade que já está há dias em quarentena e a luz no fim do túnel ainda não pode ser visto.

Beitar Illit está localizada na região da Judéia, ao sul de Jerusalém e a oeste de Betlehem e tem cerca de 57 mil habitantes, todos eles membros do judaísmo ultra-ortodoxo.

Os moradores ultra-ortodoxos da cidade de Beitar Illit estão decepcionados principalmente com os políticos ultra-ortodoxos que estão no parlamento e nem se quer ajudam a aliviar a situação crítica que os mesmos estão enfrentando com a quarentena.

Um dos problemas mais críticos, é que na cidade a taxa de desemprego é uma das mais altas do país, e o número de moradores abaixo de 18 anos é de 60%, o que aumenta ainda mais a dificuldade financeira que estão passando. Se o Estado de Israel entrar nos próximos dias em uma quarentena, a situação poderá ficar ainda pior.