Contagem Regressiva: 12 dias para completar 70 anos do Estado de Israel – Mar da Galileia

Foto no topo da página: Mar da Galiléia – NASA

Contagem Regressiva: Faltando apenas 12 dias para completar 70 anos do dia da independência do Estado de Israel – O nosso destaque para hoje é o Mar da Galiléia.

O Mar da Galileia, também conhecido como Kinneret ou Kinnereth, e Lago de Genesaré, ou Lago de Tiberíades (em hebraico: יָם כִּנֶּרֶת, judeo-aramaico: יַמּא דטבריא; גִּנֵּיסַר árabe: بحيرة طبريا), é um lago de água doce em Israel. Tem cerca de 53 km de circunferência, cerca de 21 km de comprimento e 13 km de largura. Sua área é 166,7 km2 no máximo, e sua profundidade máxima é de aproximadamente 43 m (141 pés). Em níveis entre 215 metros (705 pés) e 209 metros (686 pés) abaixo do nível dos oceanos, é o lago de água doce mais baixo da Terra e o segundo lago mais baixo do mundo (depois do Mar Morto, um lago de água salgada). O Mar da Galiléia é alimentado em parte por nascentes subterrâneas, embora sua principal fonte seja o rio Jordão, que o atravessa de norte a sul.

Foto acima: Benjamin e Sarah Netanyahu – FONTE: Twitter do Benjamin Netanyahu

Este mar de água doce é sem dúvida alguma uma grande fonte de inspiração, ele aparece muitas vezes nas Escrituras Sagradas, tanto no Tanach(VT), quanto na Brit HaHadasha(NT). Em torno deste grande lago de água doce ocorreram a maioria dos eventos descritos nos evangelhos. Ele também ainda fonte de inspiração para muitos escritores israelenses na era moderna, poetas e músicos.

Um dos locais preferidos pelo turismo interno de Israel

O Mar da Galiléia é um dos locais preferidos para passeio pelo público israelense em geral, todos os fins de semana milhares de israelenses passeiam e se banham na região, tornando este lago mais vivo do que nunca. Além disso, o Mar da Galiléia também é um roteiro praticamente obrigatório para os turistas estrangeiros que visitam o país.

No último fim de semana no começo de Abril de 2018, a região administrativa declarou que se banharam nas praias do Mar da Galiléia cerca de 70.000 pessoas. Em alguns momentos algumas praias tiveram que bloquear o acesso por causa de superlotação. Uma nova lei em vigor proíbe usar caixas de som nas praias, o que aumentou em 20% o número de visitantes, e muitas famílias voltaram a frequentar o lago após décadas.

Mar da Galiléia – Local Ideal para o Camping

Por causa da nova lei de prevenção de festas noturnas com caixas de som no Mar da Galiléia, o local voltou a ser ideal para os amantes do camping. A tranquilidade pastoral, o silêncio, as águas, a natureza exuberante e o cenário bíblico, tornam-o simplesmente o local ideal para quem deseja passar ali alguns dias.

Mar da Galiléia, berço do judaísmo mishnaico e do cristianismo

A região em torno do Mar da Galileia é o local onde se passaram a maior parte dos eventos relacionados com o Novo Testamento, foram muitos os relatos de Jesus pescando nestas águas com os seu discípulos.

O mar da Galileia, também dito Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré (em língua hebraica: ים כנרת, Kinneret) é um extenso lago monomíctico de água doce, fronteira entre Israel, Cisjordânia e Jordânia, com comprimento máximo de cerca de 19 km e largura máxima de cerca de 13 km. Na moderna língua hebraica é conhecido por ? Yam Kinneret.

O seu afluente principal é o rio Jordão, que vem do monte Hérmon e de Cesareia de Filipe, e que é também o seu efluente, seguindo depois para o mar Morto.

O Mar da Galileia fica a 213 metros abaixo do nível do Mar Mediterrâneo e é considerado um mar isolado por não ter nenhuma ligação com outros mares ou oceanos.

Nos tempos do Novo Testamento, ficavam nas suas costas a cidade de Tiberíades — fundada por Herodes Antipas ao tempo da infância de Jesus —, Cafarnaum, Betsaida e Genesaré, entre outras. Hoje Tiberíades é a localidade principal nas margens do lago. A nordeste deste lago ficam os montes Golã.