Contagem Regressiva: 14 dias para completar 70 anos do Estado de Israel – Barreira de Segurança

Contagem Regressiva: Faltando apenas 14 dias para completar 70 anos do Estado de Israel – Barreira de Segurança

Ao longo do dia de ontem, 4 de Abril de 2018, dezenas de palestinos participaram de tumultos violentos em 4 locais principais ao longo da fronteira de Gaza. Tropas IDF usado meios de dispersão de motim, e disparou para os suspeitos que estavam envolvidos em danificar a cerca de segurança.

O IDF não permitirá qualquer violação da cerca de segurança, que protege os civis israelenses, e continuará a operar a fim de neutralizar os terroristas que estão envolvidos nestes atos de terror.

O IDF deseja enfatizar que quem se aproximar da cerca de segurança é um ato perigoso, e poderá morrer.

A tentativa dos palestinos de romperem a Barreira de Segurança entre Israel e Gaza continua a todo vapor, e parece que os árabes não se cansam de pagar com a  vida pela loucura deles.

Célula Terrorista Frustada ao Norte de Gaza
Célula Terrorista Frustada ao Norte de Gaza

Crime Palestino – Incitação Infantil ao Terrorismo

Enquanto a Barreira de Segurança é o alvo dos adultos palestinos, as imagens que as crianças vêem é mais um combustível pára incendiar a incitação ao terrorismo. Como podem as crianças de Gaza esperar um futuro pacífico quando os mais velhos se envolvem violentamente em tumultos contra Israel, e é isso que eles estão sendo ensinados na escola?

Crianças tão tenras são doutrinadas ao ódio e anti-semitismo, o Mundo se cala, a ONU não leva isso para nenhuma comissão, ninguém se importa nem com as crianças e nem com o povo de Israel. O silêncio das nações em relação a pregação do ódio aos judeus e israelenses é um sinal de aprovação. Ao se calarem, nações como Brasil, Portugal, França, Inglaterra e Italia na realidade dizem que odiar os judeus e israelenses é válido e até louvável.

Esta triste realidade de incitação ao ódio poderá levar a região a mais um logo período de trevas, onde a violência é a única regra para onde ambas as sociedades fugiram afim de resolver suas diferenças. Nenhum país corajoso se levantará e porá um basta no ódio desenfreado aos judeus e ao Povo de Israel?

Fonte: Portavoz da IDF