COVID-19 em Israel: 8649 doentes e 51 fatalidades

O Ministério da Saúde de Israel divulgou esta manhã, as 8:30, o relatório da situação do país em relação a epidemia do COVID-19 em Israel, o Coronavírus.

Atém agora, desde o início da epidemia, 8911 pessoas foram contaminadas e ficaram doentes com o vírus, dos quais, 7643 pessoas estão em condição leve, 191 pessoas em condição mediana e 141 em estado grave.

A maior preocupação é com 107 pessoas que estão conectadas a aparelhos respiratórios e correm risco de vida. Até agora, faleceram por causa da doença, 51 pessoas em todo o país, a grande maioria, acima de 60 anos.

Chefe das Forças de Defesa de Israel pede para gerenciar o combate ao COVID-19

Em uma carta do Primeiro Ministro de Israel, O Gen. Chefe das Forças de Defesa de Israel, Aviv Kochavi, pediu ontem ao Primeiro Ministro, Benjamin Netanyahu, para gerenciar diretamente o combate o apoio estratégico a população durante a crise do COVID-19.

A pandemia do COVID-19 no país já deixo de ser uma simples epidemia e se tornou uma questão de segurança nacional, com cidades inteiras debaixo de quarentena e a necessidade de fornecer suprimentos básicos a população além de outros tipos de assistência.

Além disso, se a administração da crise for passada ao Ministério da Defesa e por consequência as Forças de Defesa de Israel, a mesma se tornará menos burocrática e centralizada. O Ministro da Saúde de Israel, Litzman, que está doente com o Coronavírus foi um péssimo exemplo para o país, não respeitando ele mesmo as diretrizes. A mudança para a administração da crise para as mãos da IDF vai restaurar a credibilidade da mesma.

2 comentários em “COVID-19 em Israel: 8649 doentes e 51 fatalidades”

  1. Que Deus tenha misericórdia do resto do mundo e que o Altíssimo puna o Partido Comunista Chinês por este tão maligno ato proposital!
    Em Deus nós esperamos!
    “Não digas:vingar-me-ei do mal;espera pelo SENHOR,e Ele te livrará”(Pv 20.22).

Os comentários estão encerrado.