Crise Política em Israel: Israel terá novas eleições em Setembro

Crise Política em Israel – Benjamin Netanyahu: “O público me escolheu… Avigdor Lieberman queria derrubar esse governo para conseguir mais alguns votos, ele não terá sucesso.”

Lieberman: “Nós vamos às eleições porque Netanyahu se recusou a aceitar a proposta de Israel Beiteinu … Nós não estaremos em um governo religioso”

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu atacou o presidente do Yisrael Beiteinu no final do plenário: “Infelizmente, Lieberman enganou seus eleitores, ele não tinha nenhuma intenção desde o primeiro momento de realizar uma coalisão, mas sim realizar novas eleições.

Netanyahu continuou: “Ele fez uma exigência, e outra exigência, e toda vez que sua exigência era atendida ele levantava uma nova exigência, e no começo eu não entendi, os religiosos cederam, eles foram de encontro a ele, e então alegou que o Likud é quem não queria ceder.”

A decisão de Avigdor Lieberman que está levando a novas eleições custará ao país milhões de dólares, esta é a segunda vez em que o país irá as eleições em menos de um ano, um absurdo da democracia.

Na Autoridade Palestina estão muito feliz, pois as novas eleições estarão praticamente enterrando o “Plano do Século”, o plano de PAZ que seria proposto neste mês de Junho.