Descoberto selo de mulher nobre do período do Primeiro Templo em Jerusalém

Encontrar um selo antigo nas ruínas e escavações em Jerusalém não é tarefa nada fácil, muito menos um como este que foi descoberto nas escavações na Cidade de Davi em Jerusalém.

A raridade do selo demonstra que a mulher a quem pertencia tinha uma posição de nobreza na antiguidade de Israel, o selo contém o seu nome e o nome de seu pai como é de costume a descrição de pessoas como na Bíblia.

“Elihana bat Gaal”, ou seja, Eliana Filha de Gaal é o que pode ser lido no selo antigo em Hebraico antigo. O nome não se encontra na Bíblia porém o fato de ter sido achado dentro de uma grande construção, isso demonstra que o local pode ter sido até mesmo um centro administrativo a cerca de 2600 anos atrás.

Os selos encontrados em Jerusalém normalmente estão associados a pessoas importantes, funcionários e oficiais do Reino de Judá, muitos deles têm os seus nomes até mesmo citados na Bíblia e esta é a primeira vez que um selo como este, relatando ser posse de uma mulher foi descoberta.

Somente em Jerusalém descobertas como estas pode ser feitas mesmo após quase três mil anos. Os artefatos arqueológicos encontrados em Jerusalém continuam enviando Shalom para o Mundo moderno desde os tempos da antiguidade.