Empresa israelense de sensores foi comprada por Multinacional Tecnológica de Taiwan

A Mente Inovadora de Israel não para de trabalhar, mais uma das empresas bem sucedidas na área de alta-tecnologia foi vendida para um gigante de Taiwan Himax, produtora de semi-condutores.

A EMZA está desenvolvendo uma tecnologia extremamente eficiente e exclusiva de Visão Computacional baseada em Aprendizado de Máquinas. Essa tecnologia é a base para os sensores visuais inteligentes ativos que operam durante anos em pequenas baterias. Este sistema exclusivo de Aprendizado de Máquina permite que os sensores sejam treinados novamente para praticamente qualquer aplicação.

Os algoritmos de visão computacional exigem uma fração da capacidade de memória e CPU normalmente necessária para esses algoritmos.

Integrar os algoritmos com sensores CMOS personalizados e processadores extremamente simples produz um sensor de IoT de tamanho inferior a 1mW, que pode detectar e classificar seres humanos (ou qualquer outro objeto), contar pessoas, realizar o monitoramento de filas e descrever a atividade observada.

A Himax decidiu complementar a opção de compra, pois já detinha 45% das ações. Esta compra com certeza trará mais investimentos na EMZA, beneficiando o Estado de Israel.