Enviado Especial da ONU: Parem com o anti-semitismo

O Enviado Especial da ONU para o Oriente Médio, Nikolai Maldanov, comentou sobre o que o líder supremo iraniano Ali Khamenei, disse anteriormente contra o Estado de Israel: “o vírus sionista não sobreviverá e Israel será extinto”, dizendo: “Todos devem condenar os perigosos pedidos pela destruição de Israel. Essa linguagem incitante é uma expressão moderna do anti-semitismo. A ONU continuará a se opor ao racismo e ao ódio e lutará pela paz e estabilidade na região”.

O fato é que a ONU e este representante, Nikolai Maldanov, fazem muito pouco pela paz na região, principalmente quando eles continuam alimentando o sonho nacionalista dos palestinos, ao invés de dizer para eles a verdade, que eles são árabes, e para isso, podem escolher mais de 20 países para morar, isso falando somente no Oriente Médio.

1 comentário em “Enviado Especial da ONU: Parem com o anti-semitismo”

Os comentários estão encerrado.