Estado palestino a caminho? Violência árabe também

A decisão dos políticos em Israel de anexarem os vilarejos judaicos na região da Samaria e na Judéia, poderá levar a um resultado indesejado or eles, a proclamação de um estado palestinos. Se isso ocorreu, podemos estar diante de mais conflitos abertos entre israelenses e árabes na região.

O primeiro-ministro palestino, Mohammed Ashiya, disse que a anexação israelense na Cisjordânia é uma ameaça existencial para os palestinos.

Isso significa que a Autoridade Palestina adotará medidas para declarar um estado palestino dentro das fronteiras de 1967 e em Jerusalém oriental, e iniciará uma campanha de apoio internacional e reconhecimento da comunidade internacional.

Falando a jornalistas de meios de comunicação internacionais em Ramallah, Ashiya disse que, se a anexação acontecesse, a Autoridade Palestina trabalharia para estabelecer um estado de fato. Se membros da Autoridade Palestina tentarem declarar que Jerusalém é sua capital e tentar estabelecer instituições governamentais nela, o mínimo que podemos esperar são atos de violência por ambas as partes e duras retaliações.

Se o Estado palestino a caminho? Com certeza a violência entre árabes e israelenses também também está.

2 comentários em “Estado palestino a caminho? Violência árabe também”

Os comentários estão encerrado.