Fim de Semana Glorioso para o Judô Israelense

Ariel (Arik) Zeevi conquistou a medalha de ouro na categoria de homens abaixo de 100 kg. Yarden Gerbi ganhou uma medalha de prata nas mulheres, na categoria de até 63 kg, enquanto Alice Schlesinger levou o bronze na mesma categoria. Soso Palelashvili também subiu ao pódio com uma medalha de bronze na categoria masculina, 73 kg, para concluir um fim de semana de sonho.

A crise financeira, os confrontos entre os treinadores e muitos outros problemas que cercavam os judocas israelenses nos últimos meses foram esquecidos após um fim de semana glorioso no Campeonato Europeu em Chelyabinsk, na Rússia.

O Treinador de Israel, Oren Smadja, estava radiante: \”Estou tão orgulhoso de liderar uma delegação que conquistou quatro medalhas, é inacreditável\”, disse ele. \”Nós somos uma das equipes mais fortes do continente.\” Declarou Oren Smadja aos meios de comunicação.

A festa começou na sexta-feira quando Gerbi, que venceu suas duas primeiras lutas por ippons, fez todo o caminho até a final, onde perdeu para uma judoca francesa, depois de ser penalizada duas vezes por ser passiva. Schlesinger também começou bem, mas perdeu nas semifinais, para depois vencer a luta pela medalha de bronze. \”Espero fazer melhor em Londres\”, disse Schlesinger.

Palelashvili havia anunciado antes do campeonato que ele iria desistir de seu sonho olímpico se ele não subisse ao pódio. Depois de bater o atual campeão Português, Palelashvili perdeu sua luta seguinte, deixando-o com apenas uma pequena chance para conquistar uma medalha. Ainda assim, contra todas as probabilidades, Palelashvili ganhou suas lutas restantes conquistando a medalha de bronze, mas, no entanto, ainda não garantiu seu lugar nas Olimpíadas de Londres. \”Estou contente por ter finalmente conseguido\”, disse ele. \”Eu vi as meninas trabalhando muito bem, e isto é o que realmente me fortaleceu mentalmente. Todos os meus adversários foram muito difíceis.\”

Mas a maior conquista da temporada para o Estado de Israel foi o quarto título de Arik Zeevi na comunidade europeia. \”Eu me sinto maravilhosamente bem, completamente eufórico\”, disse ele no sábado. \”Eu achava que eu nunca ganhar este título novamente, portanto é um momento muito especial para mim. Eu estou tão feliz de estar no pódio e ouvir o hino nacional(HaTikvah) tocar. Durante toda a competição eu tinha sentimentos conflitantes. Um vezes eu não me senti muito bem, mas então eu disse para mim mesmo: \’Eu vou tentar ganhar isso, vou dar tudo de mim até o fim.\”

Arik Zeevi é o mais veterano dos competidores e já está com 35 anos, ele já havia pensado em desistir, mas recobrou forças e voltou a treinar forte mente após uma temporada de perdas, mas aos poucos ele foi melhorando e avançando, neste fim de semana ele alcançou o lugar mais alto no pódio europeu, a Medalha de Ouro, parabéns para Arik Zeevi, parabéns para ISRAEL.