França apoia palestinos e ganha de presente atentado terrorista com 84 mortos

A mesma França que apoia os islamistas palestinos ganhou um de presente de outros islamistas, um atentado terrorista com um resultado trágico, pelo menos 84 mortos. Vergonhosamente, quase nada têm sido feito contra a imigração islâmica em massa para os países europeus, e o resultado é trágico. O terror islâmico que assola o Estado de Israel é o mesmo que assola a Europa, enquanto os líderes das superpotências não apoiarem Israel e rejeitarem os países islâmicos muitas mortes de inocentes ocorrerão.

Ainda esta semana o governo francês fez pressão contra o Estado de Israel para chegar a um acordo com os palestinos, mostrar-se fraco diante dos inimigos só aumenta a motivação deles de atacar cada vez mais.

A França que tanto apoia os governos islâmicos e blasfema de todos os lugares contra o que chamam de agressão e dominação israelense sobre os palestinos, recebeu um presente dos islamistas, um atentado por atropelamento, bem semelhante aos que os palestinos cansaram de fazer no Estado de Israel, com um resultado trágico, pelo menos 84 mortos.

O atentado ocorreu no sul da França, na cidade de Nice, a frança está em choque. Infelizmente, parece que os terroristas com certeza aprenderam o mau exemplo dos palestinos na prática de atentados em Jerusalém contra os judeus.

Enquanto os países ocidentais não entenderem que devem parar de criticar o Estado de Israel, ao contrário, apoia-lo e se unir a ele na luta contra o terror mundial, mais atos de violência sem precedentes como este correrão.

Os grupos terroristas islamistas são insaciáveis na sua sede por sangue de inocentes, a religião islâmica não é uma religião de paz como Obama falsamente apregoa, é uma lavagem cerebral que prega o assassinato de inocentes, a tortura, o estupro e a humilhação.

Ora, se todos nós sabemos que na Bíblia Hebraica – Cristã está escrito que Adonai é criador dos seus e da terra, criou todas as coisas perfeitas e foi Satan quem as corrompeu afim de destruir a obra divina pela ganância humana, então agora sabemos que um deus chamado “Allah” não pode ser deus pois ordena a morte e a destruição de todos que não são adeptos do Islã, isto inclui todos os judeus, cristão, hindus, budistas e até mesmo ateus. Então o caráter deste “deus” islâmico está mais para o caráter de Satan e como tal, o mundo deve ficar ciente de quem ele realmente é e a quem os seus seguidores realmente veneram.

O Estado de Israel por outro lado, sempre estará a disposição das nações ocidentais mesmo apesar das críticas e pressões que sofre por elas. Para o Estado de Israel, a vida têm o valor máximo, ao contrário dos países islâmicos que valorizam a morte. Portanto, seja abençoada a memória daqueles que caíram e que Adonai vingue o sangue dos inocentes.

 

Os comentários estão encerrado.