Gilberto Gil envergonhou o Brasil cancelando show em Israel

Gil cancelou o show após o que ele a a imprensa enganosa do Brasil dizem ter sido um massacre onde morreram apenas 11 civis, mais de 50 era terroristas do Hamas. Os “protestos” contra a transferência da embaixada dos Estados Unidos para Jerusalém eram na realidade uma tentativa de invadir e fazer atentados contra a população civil de Israel.

Mais uma figura pública, desta vez, o Gilberto Gil envergonhou o Brasil, mostrando que a ignorância e a falta de informação dos brasileiros supera o seu senso de justiça.

Se Israel não agisse com severidade contra os palestinos, ao invés de apenas 11 civis e mais de 50 terroristas mortos segundo informações do próprio grupo terrorista do Hamas, hoje Israel estaria chorando pelo assassinato de milhares de civis judeus junto a Faixa de Gaza.

Para Gilberto Gil, com sua atitude ele demonstra que o valor da vida dos judeus é menor do que dos árabes, os palestinos são mais preciosos para eles do que o Povo de Israel.

Apesar dos israelenses gostarem muito de música brasileira, penso que pessoas como Gilberto Gil realmente não devem vir ao Estado de Israel, elas contaminam a população com os valores de tudo que é podre e estragou a sociedade brasileira ao longo das últimas décadas. Os cantores da “tropicália” poderiam ser chamados facilmente de cantores da anarquia.

Infelizmente a notícia foi publicada em Israel, o que causa aversão e demonstra a falta de seriedade do artista brasileiro.

Obrigado  Gilberto Gil por envergonhar o Brasil, e obrigado por cancelar o seu show em Israel, este país não precisa de gente como você em solo sagrado!

Fonte: Revista Forum, DN.pt, Blog do OBlogo – Foto: Joi Ito from Inbamura, Japan – Common Media