IDF destruiu posições do Hezbollah na Síria

Durante a madrugada ocorreram explosões em diversas localizações junto a fronteira da Síria com o Estado de Israel, o ataque teria ocorrido nesta madrugada, e se iniciado por volta da meia noite entre quinta-feira e sexta-feira, 1 de Maio de 2020. Segundo a Agência de Notícias da Síria, SANA, helicópteros de combate israelenses dispararam mísseis das Colinas de Golã contra alvos no sul do país. Eles relataram que cinco mísseis atingiram a área de ocidental de Daraa e Quneitra.

Fontes sírias em Daraa disseram que a operação ocorreu em três lugares diferentes. Durante o qual, os postos de observação do Hezbollah foram atacados por disparos de tanques israelenses, mísseis terrestres e mísseis de helicóptero. Todas as posições atacadas do Hezbollah estavam dentro de postos do exército sírio, o que é uma violação do cessar fogo com Israel.

Os ataques noturnos fazem parte da atividade tática em andamento de Israel, com o objetivo de interromper as posições no Golan do grupo terroristas do Hezbollah e impedir a preparação de uma infraestrutura para ataques contra Israel a partir do Golan sírio.

Pode-se estimar que essa atividade continuará, inclusive danificando as posições do exército sírio enquanto o Hezbollah continuar a se estabelecer nas Colinas de Golã. Em Israel, os ataques podem levar em consideração a escalada, mas a IDF e o estabelecimento de segurança parecem determinados a frustrar continuamente o embasamento de forças terroristas do Hezbollah nas alturas de Golan.

1 comentário em “IDF destruiu posições do Hezbollah na Síria”

Os comentários estão encerrado.