IDF prendeu o terrorista que realizou o ataque a punhaladas matando o Rabino Itamar Ben Gal

As Forças de Defesa de Israel prenderam o terrorista que realizou o ataque a punhaladas matando o Rabino Itamar Ben Gal. O terrorista foi preso em Nablus, um mês depois do atentado que ceifou a vida do pai de família.

No final de um intenso trabalho daa inteligência e atividade operacional da Agência de Segurança de Israel e da Polícia de Israel, foi concluído com a prisão de Abdel Hakim Atzi, que realizou o esfaqueamento perto da junção de Ariel em 5 de fevereiro, matou Rabi Ben Gal.

A detenção foi feita durante a noite pelo serviço de segurança Shin Bet, a Unidade de Tarefas Especiais e as FDI. A ação foi o ponto culminante de um esforço contínuo desde o ataque, durante o qual vários suspeitos foram presos e interrogados, que ajudaram ou estavam conscientes do paradeiro do terrorista.

O terrorista junto com outros que estavam com ele foram transferidos para continuar o interrogatório na Agência de Segurança de Israel – ASI (ISA).

Os comentários estão encerrado.