Inaugurada Cidadela de Arqueologia em Jerusalém com 2 milhões de artefatos arqueológicos

O Estado de Israel está inaugurando a Cidadela de Arqueologia em Jerusalém com 2 milhões de artefatos arqueológicos acessíveis ao público, a maior do Mundo em termos de Oriente Próximo.

Não muito distante do Museu de Israel, partir de agora os visitantes em ISRAEL terão não somente acesso aos museus de Israel mas poderão também conhecer o arquivo nacional de arqueologia que conta com mais de 2.000.000 ( dois milhões ) de artefatos de grande valor histórico e cultural que contam a história da região desde a pré-história até os dias de hoje.

Na cidadela de Arqueologia trabalham centenas de pesquisadores, restauradores, arqueólogos e outros cientistas que ajudam na preservação, restauração e decifrando os segredos do passado através das descobertas, a partir de agora, os visitantes poderão até mesmo ver como é feito o trabalho dos especialistas, visitar os laboratórios e ter acesso a maior biblioteca arqueológica do Mundo sobre o Oriente Próximo.

aii4Na cidadela de Arqueologia em Jerusalém o visitante poderá ver artefatos incríveis que estão sendo restaurados, inscrições da antiguidade, moedas de ouro, prata e bronze, armas da antiguidade, estátuas, colunas, sarcófagos, lâmpadas, vasos, cerâmicas, placas e muitíssimo mais, um tesouro sem fim que o Estado de Israel torna possível a todos verem e consultarem.

aii2A Cidadela de Arqueologia é o novo centro administrativo da Autoridade de Antiguidades do Estado de Israel e um presente cultural a humanidade, enquanto nos países vizinhos os governos e grupos terroristas estão destruindo quaisquer indícios das antigas civilizações e culturas, aqui na Terra Santa, o Governo de Israel está fazendo de tudo para preservar.

aii