Incidente grave na fronteira Síria e Israel

Fontes na vila de Khader, perto das quais foram disparados mísseis anti-aéreos contra uma aeronave, causaram danos com os estilhaços nos veículos e em um prédio no vilarejo druzo de Majdal Shams, foi o que informou a rede al-Mayadin, afiliada ao Hezbollah.

Segundo as informações, os sistemas antiaéreos disparavam contra “aeronaves israelenses hostis”. É importante salientar que os moradores do vilarejo druzo Majdal Shams, antes da Guerra dos Seis Dias, tinham cidadania síria.

Um porta-voz das Forças de Defesa de Israel declarou que ecos das explosões foram ouvidos na área da cerca da fronteira com a Síria. Os estilhaços foram o que danificaram um prédio e veículo no território israelense, em um bairro próximo à fronteira em Majdal Shams, perto da colina conhecida como “Givat HaTzaakot”, ou seja, colina dos gritos, onde parentes dos dois lados costumam trocar mensagens.

Felizmente não houve vítimas do lado israelense, mas um incêndio se iniciou perto da vila síria de Khader, localizada em frente a Majdal Shams. Uma atividade terrorista do Hezbollah foi identificada e frustrada na vila no passado, no mesmo local do incidente de hoje.

As Forças de Defesa de Israel declararam que ainda estão investigando o incidente, mas tudo indica que se trata da chama resposta do Irã e do Hezbollah pelos excelentes resultados operacionais de Israel em território inimigo, frustrando o contrabando de armamento estratégico.

Foto acima: Aldeia de Khader na Síria de onde os mísseis foram disparados

4 comentários em “Incidente grave na fronteira Síria e Israel”

  1. Shabat Shalom…Miguem continua a defender Israel como seus antepassados…vendo alertando etc. As ferramentas tens a comunicação a midia. E que ADONAI o ajude e abençoe por isso….ea td povo de Israel.

  2. Uma coisa é certa:podem haver escaramuças mas Israel levará vantagem no balanço final pois Sião está debaixo da proteção do SENHOR Deus que já afirmou há milênios atrás:”Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem”(Gn 12.3).

  3. Temos de levar em consideração que no Antigo Testamento haviam fartas leis que visavam o equilíbrio social puxando as coisas para o meio,para não haver ricos nem pobres mas todos equiparados.No entanto,no passado,o povo israelita parece que não obedeceu as leis divinas.Hoje,a situação é diferente,povos querem exteriminar Israel e lhe fazem constantes ameaças e tentativas de guerras.
    Se Israel obedecer ao SENHOR,primeiramente se convertendo a Ele,não haveria inimigos à sua volta tentando destruí-lo.
    “O SENHOR ama a Israel para o estabelecer para sempre”(2 Cr 9.8).
    Esse dia vai chegar,temos fé nisso!

Os comentários estão encerrado.