Irã e Iraque, a escolha satânica, pelo menos 300 mortos e 2500 feridos

Ontem a noite, por volta da 20:20 hs de Jerusalém ocorreu na fronteira entre Iraque e Irã um dos mais poderosos terremotos no Oriente Médio na última década. Segundo os cismólogos o abalo cismico intenso foi de 7.3 graus de magnitude e foi sentido até mesmo em Israel, cerca de mais de 1000 km de distância. Em Israel o tremor foi sentido principalmente nas regiões mais planas, e menos na cordilheira central do país, as montanhas da Judeia, Jerusalém e na Samaria.

Foto: Iran, Pixabay

Irã e Iraque são duas nações envolvidas diretamente com o terrorismo e o ódio desenfreado contra o Povo de Israel e contra o Estado de Israel em particular. Ao invés de investirem seus recursos em educação a tolerância, amor ao próximo e ajuda mútua, estes países investem pesado em armamento, exércitos e muito ódio. O Iraque após a invasão americana na última guerra do golfo está um pouco mais moderado, pois os problemas que o país enfrenta são muitos. Não há muito tempo para os iraquianos pessarem no ódio contra Israel quando dentro de casa eles tem um inimigo muito mais feroz e cruel do que Israel.

O Irã por sua vez tem vivido décadas de ódio desenfreado contra Israel e os Estados Unidos. O país dos Aiatolás investe bilhões de dólares em armamentos não convencionais, em programas nucleares, em propaganda anti-sionista, apregoando o extermínio do Estado de Israel. Infelzimente, todos este investimento pesado se opõe as necessidades reais de seu povo, educação de qualidade, educação a tolerância, amor ao próximo, direitos das mulheres e minorias, saúde, benefícios sociais e etc. A lista é quase infinita, o único benefício que o petróleo iraniano traz para o seu povo é o combustível barato e olhe lá. A escolha destes países não é uma questão de interesse, é uma questão espiritual, sua escolha não é comum, é diabólica.

Enquanto estes países e seus líderes servirem ao que eles chamam de Alá que na realidade é uma figração diabólica, eles escolheram conforme o caráter satânico, o ódio, as armas e a guerra. Em uma escolha diabólica, o resultado sempre será trágico. A falta de investimento em saúde e infraestruturas adequadas para situações como o terremoto de ontem pode ser sentido no resultado final, até agora as autoridades declararam pelo menos 200 mortos e 1700 feridos, mas este número tende a crescer a cada dia. Quando nações preferem o ódio aos seus vizinho ao invés do amor e cuidado com seus cidadãos, o resultado é catastrófico, não somente pelas baixas, mas principalmente pelas próximas gerações que surgem inundadas pela doutrina satânica do terror.

Mediante tanto ódio, a única causa para as tragédias terríveis que ocorrem nestes países que outrora também foram berço da humanida é a violação das Escrituras Sagradas. Conforme podemos ler até hoje na Bíblia Sagrada, nada do que está escrito nela foi revogado até os dias de hoje:

Ora, o SENHOR disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei.
E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.
E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Gênesis 12:1-3

Cabe aos líderes do Irã e do Iraque abandonarem aquilo que conhecem do Corão e se voltarem para a verdadeira fonte, a Bíblia Sagrada, e descobrirem quantas e maravilhosas bençãos estão reservadas para aqueles que abençoam e amam o Povo de Israel.

Ouví Povos!

Desde Sião,

Miguel Nicolaevsky, Diretor do Cafetorah.com

Os comentários estão encerrado.