Irlandeses foram deportados por querem atrapalhar as Forças de Defesa de Israel

Dois cidadãos irlandeses foram devolvidos ao seu país por suspeita de perturbarem as forças de segurança do Estado de Israel

A Autoridade de População e Imigração recusou a entrada de dois cidadãos irlandeses que chegaram liderando um grupo de 27 passageiros da Irlanda que vieram para Israel para fins turísticos, segundo eles afirmam.

Durante o interrogatório ficou claro que os membros do grupo viriam na realidade para perturbar as Forças de Defesa de Israel em suas atividades diárias em andamento.

De acordo com as investigações, os membros do grupo foram instruídos a enganar as autoridades de controle das fronteiras de Israel e ocultar o propósito de sua chegada ao país.

No final da entrevista, foi decidido recusar a entrada dos dois líderes do grupo e eles foram levados de volta para a Irlanda.

Os outros membros do grupo foram permitidos entrar em Israel sob condições restritivas.

Fonte: YnetNews

Os comentários estão encerrado.