Israel bombardeou base aérea da Síria

Síria – A mídia síria informou que 9 pessoas foram mortos em um ataque de caças israelenses, que bombardearam alvos militares no aeroporto T4, a leste de Homs, este aeroporto militar já foi atacado no passado.

A identidade dos mortos não foi relatada, o que levanta muitas suspeitas de que se trata de mais uma propaganda enganosa, de acordo com a mídia estatal, existem forças iranianas na base e exceção dos soldados do exército de Assad.

Segundo a agência de notícias SANA, os sistemas de defesa aérea da base conseguiram atingir um dos aviões ofensivos, informação que não pode ser confirmada. De acordo com relatos na Síria, as baterias antiaéreas sírias S-200 foram usadas contra os aviões, e nos relatos de redes sociais árabes informaram que a área bombardeada soou explosões secundárias, aparentemente devido à explosão de munição nos depósitos de armas.

Na base aérea T4 há uma grande presença de forças do Hezbollah e milícias pró-iranianas na Síria. A mídia árabe informou que os depósitos de armas e mísseis foram destinados às forças do Hezbollah e às forças iranianas que participam da batalha no sul da Síria depois que um depósito de armas do exército de Assad, usado pelo Hezbollah na região de Dar’a, foi bombardeado.

A mídia estatal síria informou que depois que os rebeldes se renderam no sudeste do país, forças sírias leais ao presidente Assad estão se voltando para o noroeste do Golan sírio, perto da fronteira com Israel, com o objetivo de devolver a província de Kuneitra as mãos do regime do assassino Bashar Al- Assad.

Um oficial militar da Síria acusou a Força Aérea de Israel do ataque. “Nós interceptamos vários mísseis, atingimos o avião e forçamos os outros aviões a recuar”, disse ele. Obviamente é mais uma mentira da propaganda de incitação da Síria contra Israel. Se realmente um avião de Israel tivesse sido atingido, isto estaria em todos os meios de comunicação do Mundo e as imagens em todos os sites de notícias na Internet.