Israel construirá 400 moradias em local de atentado

Ontem ocorreu um atentado onde três pessoas foram feridas na Samaria, um homem de 31 anos está em estado de coma, duas outras vítimas, um com 58 anos e outro 41 anos ficaram levemente feridas no ataque ao assentamento de Adam no Conselho Regional de Mateh Binyamin, perto de Ramallah, a maior cidade palestina.

Hoje pela manhã o ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, referiu-se ao ataque de esfaqueamento na noite passada no assentamento de Adam na região de Benjamin e disse que “a melhor resposta ao terror é o ímpeto de assentamento judaico na Judéia e Samaria”.

“Eu instruí esta manhã as autoridades civis a avançar um plano para construir 400 unidades habitacionais no assentamento de Adam e aprová-lo nas instituições de planejamento nas próximas semanas”, acrescentou Lieberman.

No antro da direita em Israel acredita-se que a melhor resposta e vingança contra os atentados é a expansão da presença judaica na Judeia e Samaria, desta forma o processo de PAZ entre israelenses e palestinos se torna praticamente impossível, restando somente a implicação da soberania judaica em todo território e o enfraquecimento da Autoridade Palestina.