Israel foi aceito no OECD

Os meios de comunicação em Israel relatam que o país foi finalmente aceito, após 15 de negociações no OCDE ( Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico ).   

O ministro das Finanças diz que ser novo membros é “selo de aprovação”, isto irá atrair mais investimentos estrangeiros, Israel é o membro de número 32 na organização.     Ministro das Finanças Yuval Steinitz, atualmente na China, recebeu uma mensagem oficial da organização, e uma declaração oficial que será feita em Paris no período da tarde.     O convite oficial será entregue a Steinitz em uma convenção de ministros da OCDE em Paris no final do mês. Eslovênia e Estônia foram igualmente aceitos como membros nesta segunda-feira(10/05/2010).     

“A importância disso é enorme e é por isso que, como uma questão de fato, resolvi tratá-lo como uma prioridade desde 10 meses atrás e entrar em um programa especial para apresentar Israel a organização”, disse Steinitz Rádio Kol Israel.     

“É o clube mais internacional mais respeitável um país pequeno como Israel pode ser aceito”, acrescentou.  Steinitz disse que Israel estava sendo aceito no organização responsável por ditar orientações financeiras do mundo.   “Há também um ganho político aqui. Estamos recebendo um selo de aprovação … que Israel pertence aos países mais avançados e desenvolvidos do mundo, e não apenas financeiramente – em matéria de direitos civis, um sistema judicial limpo e independente, regulamentos, igualdade e medidas para eliminar a discriminação”, disse ele.   O Presidente da Associação de Manufacturadores Shraga Brosh emitiu uma mensagem de satisfação dizendo que “a adesão de Israel com a organização constitui um rótulo de qualidade”.     

Acredito que a nova associação vai ajudar a sociedade de Israel e ao progresso da economico, atrairá novos investidores estrangeiros e desenvolver ainda mais o mercado.”  Por sua vez, o governo da autoriadade palestina fez de tudo para sabotar a aceitação de Israel na organização, mas suas tentativas foram inúteis.