Israel preparou aeroporto para normalização

A Autoridade dos Aeroportos de Israel já preparou o Aeroporto Internacional Ben Gurion para receber os passageiros israelenses a caminho de outros países que tenham número baixo de casos e estejam preparados como o Estado de Israel, para receber viajantes.

Na entrada do Terminal Internacional do Aeroporto Ben Gurion, o Terminal 3, foram instaladas câmeras especiais que identificam se os passageiros estão chegando de máscara ou não, e alerta para que sejam os seguranças no local, impeçam o passageiro de entrar.

Além da identificação do uso de máscaras, as câmeras novas conseguem identificar automaticamente a variação de temperatura das pessoas, identificando se estão com febre ou não. No aeroporto estão exigindo que os passageiros cheguem com exame de coronavírus antes de subir ao vôo.

Mais uma mudança é o fato de que a limpeza das superfícies no Aeroporto Ben Gurion é feita por robôs, o que evita o toque humano e a contaminação.

Quem não conseguiu fazer o check-in pela internet, pode fazê-lo em quiosques eletrônicos, o que também evita a contaminação. Um outra medida, foi a separação de todos os assentos dentro do aeroporto de tal forma que ninguém se senta muito próximo de ninguém, o que também evita a contaminação.

Além de todas estas medidas, foi feita uma demarcação no piso para orientar as pessoas a guardarem a distância mínima de 2 metros uns dos outros. Algumas empresas européias já começaram a operar vôos para Israel e de Israel para elas.