Jerusalém, a bonança depois da tempestade

Horas após o conflito violento entre manifestantes palestinos e soldados da guarda de fronteira de Israel, O clima na cidade santa voltou praticamente ao normal.

Durante a tarde centenas de milhares de judeus começaram a se dirigir para o Monte do Templo na capital eterna de Israel, Todos seguiam para lembrar o dia mais triste da fé judaica. Neste dia Segundo a tradição, os dois templos de Jerusalém foram destruídos pelos seus inimigos.

Ao Entardecer nossa equipe esteve presente junto ao muro das lamentações, podemos constatar os cânticos e súplicas do povo de Israel, lamentando a destruição do templo e o fato de que o templo pagão Dos muçulmanos está localizado exatamente aonde era o antigo templo judaico, a casa de oração para todos os povos. A mesquita de Omar Que é conhecida como domo da Rocha está localizada onde no passado Abraão ofereceu a Isaac e Adonai pra ver um cervo em seu lugar.

Neste mesmo local cerca de 800 anos depois, o rei Davi ofereceu um sacrifício Ao eterno, e determinou que seu filho Salomão construisse ali futuro Templo de Jerusalém.

Ao cair da noite, milhares de fiéis judeus estavam na esplanada do muro das lamentações rezando, adorando e cantando suas orações. A tempestade criada pelos árabes palestinos não tirou a Paz do povo de Israel.