Líbano e Israel terão conversações de PAZ

O Ministro de Energia Yuval Steinitz deu as boas-vindas aos acordos para abrir negociações na fronteira econômica entre Israel e Líbano:

“Nosso objetivo é encerrar a disputa sobre a demarcação da água econômica entre Israel e o Líbano para ajudar a desenvolver recursos naturais para o benefício de todos os povos da região.”

As negociações, que resultaram em ajuda americana, devem ocorrer depois de Sucot na base da UNIFIL na cidade libanesa de Nekura.

Em 2016 escrevei aqui em nosso site um artigo amplo falando sobre a motivação do Estado de Israel no compartilhar os recursos naturais, a ciência e a tecnologia. Após os acordos de fornecimento de energia entre Israel, Egito e Jordânia e os últimos dois acordos com os Emirados e o Bahrein, o país tem se mostrado um líder na diplomacia região.

Leia o artigo na íntegra:

Em Janeiro deste anos publiquei um outro artigo em nosso site, falando sobre o avanço da produção de gás e nas primeiras parcerias entre os países da região. Se o acordo com o Líbano for adiante, estamos a frente de uma era de prosperidade sem precedentes na região.

Mais detalhes, leia o artigo na íntegra: