Mais de 800.000 pessoas se despediram do Rabino Ovadia Yosef em Israel

Curso Herança Judaica do Novo Testamento
O Velório do Rabino Ovadia Yosef
O Velório
O Rabino Ovadia Yosef

Segundo a polícia de Israel, pelo menos 800.000 pessoas estiveram ontem, 07-10-2014, na despedida do Rabino Ovadia Yosef. Milhares de pessoas do antro mais religioso da sociedade israelense vieram de todos os cantos do país para o velório que durou algumas horas. A quantidade de pessoas era tão grande que muitos desmaiaram durante o velório que foi dirigido pelas principais autoridades religiosas de Israel e pela cúpula do governo.

O maior líder do Judaísmo Oriental e Sefardita morreu hoje em Jerusalém após uma luta pela vida por duas semanas. Milhares de pessoas haviam sido convocadas em Israel e fora do país para interceder a favor da saúde do líder Sefardita, hoje, após a falência de seus órgãos, os médicos tiveram que determinar a sua morte.

Ovadia Yosef morreu aos 93 anos após ter sido o rabino mais influente de Israel nas últimas décadas, fundador do partido ultra-ortodoxo Shás, que foi membro do governo nos últimos anos, e uma dos principais rabinos outorgadores de julgamentos complexos previstos nas leis judaica, baseado na interpretação rabínica tradicional, a Halacha.

Ovadia Yosef além de ser o fundador do partido Shás, era ele quem mais determinava a linha política do partido e agora se inicia entre outros rabinos a disputa de quem será o seu sucessor.

Em Jerusalém foi determinado luto pela comunidade judaica sefardita e esperam-se milhares de judeus ultra-ortodoxos na Cidade Santa, antes, durante e após o velório do rabino Ovadia Yosef.

Após a morte de Ovadia Yosef deverá se iniciar uma nova disputa pela liderança do partido Shás e da comunidade ultra-ortodoxa sefardita.