Mais uma descoberta arqueológica – Tesouro cananeu achado em Tel Gezer

Carla Amit - Autoridade de Antiguidades de Israel
Carla Amit – Autoridade de Antiguidades de Israel

Mais uma descoberta arqueológica foi anunciada hoje em Israel. Um tesouro escondido por mais de 3000 anos foi descoberto em Israel no subsolo de uma casa soterrada na cidade bíblica de Tel Gezer revela um pouco da cultura pagã dos cananeus.

As peças raríssimas e muito bem conservadas estavam devidamente envolvidas em um tecido que também de forma incrível se conservou, segundo os pesquisadores o tecido é um linho raro feito com uma técnica muito antiga.

Os elementos que foram descobertos além do linho foram um pendente com um disco e uma estrela de oito pontas e no meio um circulo em alto-relevo, segundo os arqueólogos este elemento representa a Asera ou Istar, uma conexão entre os deuses dos egípcios e os deuses da mesopotâmia.

O segundo elemento é uma lua crescente que representava na cultura acádica Sin, o Deus da Lua. Ambos os elementos feitos de prata pura.

554Um terceiro elemento foi descoberto e ele é um Hotam, ou seja, uma bula, um típico selo egípcio contendo hieróglifos. A moldura do selo foi coberta de ouro.

Todos os elementos foram achados cuidadosamente postos em um vaso na fundação de uma residência que agora está sendo escavada após mais de 300 anos.

As informações são da Autoridade de Antiguidades de Israel

Fotos: Carla Amit – Autoridade de Antiguidades de Israel