Ministro debochou de “mortos de fome” e povo pede a demissão

Tzachi Hanegbi, o ministro do gabinete do Primeiro Ministro do Estado de Israel debochou das informações de que pessoas estão “morrendo de fome” ou na miséria no país por causa do Coronavírus e não esperava que a resposta fosse tão imediata e não feroz.

Os cidadãos de classe baixa no Estado de Israel protestaram através dos meios de comunicação dizendo que se sentiram envergonhados, e convidam o ministro a visitar e abrir suas geladeiras.

Imediatamente, logo após o comentário infeliz de Tzachi Hanegbi, o Primeiro Ministro publicou uma nota de censura, declarando que as palavras dele não representam o que pensa o primeiro ministro e o governo como um todo.

Hoje, durante o dia, diversas pessoas estão pedindo que Tzachi Hanegbi se demita, pois não entende a realidade e a necessidade que muitos dos moradores do país estão passando nos últimos meses.

photo by Haim Zach / GPO

1 comentário em “Ministro debochou de “mortos de fome” e povo pede a demissão”

Os comentários estão encerrado.