Onda de calor faz suas primeiras vitimas em Israel

As temperaturas na Terra Santa subiram muito nas últimas duas semana, mas hoje parece que a situação está ficando crítica, as primeiras vítimas sofrem por causa do calor e o aumento da temperatura do corpo.

Em Jerusalém, um jovem do norte de Israel de apenas 18 anos não se sentiu bem durante o passeio e foi levado para o hospital, os médicos não conseguiram salvar sua vida e ele morreu.

Ontem uma bebê que estavam com sua família em um passeio no Vale do Jordão também passou mal, foi levada para o hospital e está em coma.

Ainda hoje, um senhor de 59 anos que trabalha na região industrial de Maale Adumim no deserto da Judeia também não se sentiu bem, foi levado para o hospital Hadassa em Jerusalém, ele ainda está em estado grave, correndo risco de vida.

Ainda hoje, 200 estudantes que estvam em um passeio no riacho de Yagur, na região do Monte Carmelo começaram a não se sentir bem e por falta de água pediram socorro, todos eles foram socorridos do local.

Ainda hoje, 5 jovens isralenses que estavam em um passeio no deserto da Judeia, no riacho de Quelt ou Quineret tiveram que ser socorridas pois começaram a passar mal, uma equipe de socorro chegou ao local e as retirou dali.

Ontem, uma familia que saiu para passear na região norte do Vale de Hulah, no norte de Israel teve que interromper seu passeio quando os pais viram que a bebê de apenas um ano não estava respondendo, o pai começou a passar mal também e eles foram socorridos por uma equipe de socorro. O pai ainda esta em estado grave mas fora de perido, a bebê ainda está em coma, entre a vida e a morte.

O Ministério de Saúde adverte a todos os cidadãos de Israel e aos turistas de evitarem de sair caso não haja necessidade real, além disso, conclama a todos a refrescarem o corpo com banhos ou permanência em locais refrigeirados, casos de insolação são muito frequentes em ondas de calor e o caminho de volta para a saúde é muito complicado depois que o corpo super-aquece.