Promotoria recusa adiar acusação de Netanyahu

Os advogados de Benjamin Netanyahu enviaram um pedido ao tribunal para que adiassem a leitura da carta de acusação contra o Primeiro Ministro, na tentativa de conseguir mais alguns meses para preparar a defesa, mas a pressão pública e da imprensa está crescendo.

A Promotoria Fiscal e Econômica anunciou ao Tribunal Distrital de Jerusalém que se opõe ao pedido do Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu de adiar a audiência da acusação em seu caso. Os advogados de defesa de Netanyahu haviam feito o pedido com o argumento de que ainda não haviam recebido todo o material de investigação.

O presidente da liga Azul e Branco, Benny Gantz, comentou em relação ao pedido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de adiar seu julgamento. Gantz twittou: Isto começou, Rejeição e Fuga. Isso não vai acontecer. “

Os inimigos políticos de Benjamin Netanyahu não conseguiram vencer o Primeiro Ministro nas eleições, mas por enquanto, estão vencendo as batalhas pelos processos judiciais.

1 comentário em “Promotoria recusa adiar acusação de Netanyahu”

  1. Eu não posso opinar a favor nem contra Netanyahu pois não sei se ele é ou não culpado.Porém,o justo ,se for inocente,quer logo resolver a ‘parada’ para limpar o seu nome.Por outro lado,se não houve acesso a todo o processo,por parte dos defensores,é justo que dêem a eles um tempo para examinar o caso.
    Isso me lembra Pv 18.17:”O que começa o pleito parece justo,até que vem o outro e o examina”(Pv 18.17).

Os comentários estão encerrado.