Protestos contra Netanyahu continuam a despeito de quarentena

Em todo o país, as manifestações contra o governo de Benjamin Netanyahu estão ocorrendo em centenas de pontos de acesso em cruzamentos e pontes, semelhantes às manifestações da semana passada e sujeitas ao limite de distância de 1.000 metros do indivíduo para sua residência.

Segundo os organizadores dos protestos, as manifestações acontecem em 1.146 focos de todo o país, mesmo a despeito da quarentena importa pelo governo Netanyahu.

Os líderes dos protestos contra Netanyahu declararam: Não haverá a grande manifestação em Balfour, em Jerusalém, junto a cas do Primeiro Ministro, esta noite, e o evento principal deve ocorrer no final da noite na Praça da Cultura Habima em no centro de Tel Aviv.