Qual o significado de Satanás no Velho Testamento ( Tanakh )

Qual o significado de Satan(Satã ou Satanás) no Velho Testamento

Este é um assunto que poucas pessoas no dia a dia pensam, de uma forma geral pensa-se que ele é o inimigo de Deus. Mas o que realmente podemos aprender nas escrituras sobre esta figura espiritual que muitos temem e odeiam, outros infelizmente até mesmo o servem. Conhecido também em português como Satanás, como ele age e que precauções devemos tomar para não cairmos em suas garras? Segue abaixo um pequeno estudo que visa nos esclarecer muitos pontos a respeito dele e qual é a melhor tática para resistirmos a ele.

O Termo Satã aparece no Velho Testamento 29 vezes no Velho Testamento, se seu significado era muito conhecido pelo povo Hebreu, nem sempre tratava de uma entidade específica, mas sim de um caráter exercido por uma determinada pessoa. Vamos seguir passo a passo tentando entender o contexto de cada uma das passagens na Bíblia Hebraica. Portanto, se em sua Bíblia não aparecer o mesmo termo em português, não se preocupe, é porque ao invés de colocarem transliterado este termo, decidiram traduzir o caráter da pessoa em si.

É muito importante notar que meu desejo aqui é tratar somente do termo Satã e não somente da figura de Satanás em si, o mesmo que aparece na imagem da serpente do Éden ou o anjo caído no livro de Isaías, isto ficará para outro estudo, mais relacionado aos anjos e a queda de parte deles, a questão profética e a questão do juízo final.

Num. 22:22 וַיִּֽחַר־אַ֣ף אֱלֹהִים֮ כִּֽי־הוֹלֵ֣ךְ הוּא֒ וַיִּתְיַצֵּ֞ב מַלְאַ֧ךְ יְהוָ֛ה בַּדֶּ֖רֶךְ לְשָׂטָ֣ן ל֑וֹ וְהוּא֙ רֹכֵ֣ב עַל־אֲתֹנ֔וֹ וּשְׁנֵ֥י נְעָרָ֖יו עִמּֽוֹ׃

“A ira de Deus se acendeu, porque ele ia, e o anjo do Senhor pôs-se-lhe no caminho por adversário. Ora, ele ia montado na sua jumenta, tendo consigo os seus dois servos.”

(Numbers 22:22 ALMEIDA)

Este é o primeiro texto em que o termo aparece na Bíblia, é um texto bastante polêmico, porém pode ser muito esclarecedor. Nele aprendemos que a expressão literal foi traduzida aqui por Almeida como ADVERSÁRIO. Creio que poderíamos facilmente traduzi-lo também como OPOSITOR. Alguém que está no lado oposto do caminho e que não o permitirá passar sem que haja mudança de opinião, ou do destino.

Num. 22:32 וַיֹּ֤אמֶר אֵלָיו֙ מַלְאַ֣ךְ יְהוָ֔ה עַל־מָ֗ה הִכִּ֙יתָ֙ אֶת־אֲתֹ֣נְךָ֔ זֶ֖ה שָׁל֣וֹשׁ רְגָלִ֑ים הִנֵּ֤ה אָנֹכִי֙ יָצָ֣אתִי לְשָׂטָ֔ן כִּֽי־יָרַ֥ט הַדֶּ֖רֶךְ לְנֶגְדִּֽי׃

“Disse-lhe o anjo do senhor: Por que já três vezes espancaste a tua jumenta? Eis que eu te saí como adversário, porquanto o teu caminho é perverso diante de mim;”

(Numbers 22:32 ALMEIDA)

No texto acima, que é uma continuação do texto anterior, mostra o quando seria mais adequado o termo OPOSITOR, pois o anjo do Senhor considerou o caminho de Balaão como perverso, se opôs a forma como ele se dirigia para amaldiçoar o Povo de Israel.

1Sam. 29:4 וַיִּקְצְפ֨וּ עָלָ֜יו שָׂרֵ֣י פְלִשְׁתִּ֗ים וַיֹּ֣אמְרוּ לוֹ֩ שָׂרֵ֨י פְלִשְׁתִּ֜ים הָשֵׁ֣ב אֶת־הָאִ֗ישׁ וְיָשֹׁב֙ אֶל־מְקוֹמוֹ֙ אֲשֶׁ֣ר הִפְקַדְתּ֣וֹ שָׁ֔ם וְלֹֽא־יֵרֵ֤ד עִמָּ֙נוּ֙ בַּמִּלְחָמָ֔ה וְלֹא־יִֽהְיֶה־לָּ֥נוּ לְשָׂטָ֖ן בַּמִּלְחָמָ֑ה וּבַמֶּ֗ה יִתְרַצֶּ֥ה זֶה֙ אֶל־אֲדֹנָ֔יו הֲל֕וֹא בְּרָאשֵׁ֖י הָאֲנָשִׁ֥ים הָהֵֽם׃

“Mas os chefes dos filisteus muito se indignaram contra ele, e disseram a áquis: Faze voltar este homem para que torne ao lugar em que o puseste; não desça ele conosco à batalha, a fim de que não se torne nosso adversário no combate; pois, como se tornaria este agradável a seu senhor? porventura não seria com as cabeças destes homens?”

(1 Samuel 29:4 ALMEIDA)

Neste texto que acabamos de apresentar, o termo Satã aparece como adversário ou opositor, os filisteus acreditavam que Davi poderia mudar de lado no meio da batalha, e ao invés de atacar o Povo de Israel, se voltaria contra eles, atacando-os.

1Chr. 21:1 וַיַּֽעֲמֹ֥ד שָׂטָ֖ן עַל־יִשְׂרָאֵ֑ל וַיָּ֙סֶת֙ אֶת־דָּוִ֔יד לִמְנ֖וֹת אֶת־יִשְׂרָאֵֽל׃

“Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar Israel.”

(1 Chronicles 21:1 ALMEIDA)

O texto acima é uma verdadeira preciosidade, pois ele mostra a relação entre o termo Satã(Satan em Hebraico) e o verbo Lehasit(VaYaset no texto), que é o verbo incitar. No texto está mais que claro papel deste anjo caído em relação a Davi é através da incitação ao pecado, minar a sua vida e seu reinado.

2Sam. 19:23 וַיֹּ֣אמֶר דָּוִ֗ד מַה־לִּ֤י וְלָכֶם֙ בְּנֵ֣י צְרוּיָ֔ה כִּי־תִֽהְיוּ־לִ֥י הַיּ֖וֹם לְשָׂטָ֑ן הַיּ֗וֹם י֤וּמַת אִישׁ֙ בְּיִשְׂרָאֵ֔ל כִּ֚י הֲל֣וֹא יָדַ֔עְתִּי כִּ֥י הַיּ֖וֹם אֲנִי־מֶ֥לֶךְ עַל־יִשְׂרָאֵֽל׃

“Mas Davi disse: Que tenho eu convosco, filhos de Zeruia, para que hoje me sejais adversários? Será morto alguém hoje em Israel? pois não sei eu que hoje sou rei sobre Israel?”

(2 Samuel 19:22 ALMEIDA)

O mesmo versículo em Hebraico é 23 e em Português é 22, e trata pela primeira vez de forma clara de pensamento oposto e não de adversário. Os filhos de Zeruia não eram inimigos de Davi, mas naquele momento eles estavam convencendo-o a matar Simei, uma pessoa que havia amaldiçoado a Davi, quando este fugia do ataque de Absalão. De fato, os filhos de Zeruia estavam incitando Davi usar da pena de morte como juízo sobre alguém que demonstrou ser infiel a ele na adversidade.

1Kings 5:18 וְעַתָּ֕ה הֵנִ֨יחַ יְהוָ֧ה אֱלֹהַ֛י לִ֖י מִסָּבִ֑יב אֵ֣ין שָׂטָ֔ן וְאֵ֖ין פֶּ֥גַע רָֽע׃

1Kings 5:4 Agora, porém, o Senhor meu Deus me tem dado descanso de todos os lados: adversário não há, nem calamidade alguma.

É importante notar a grande diferença na numeração dos versículos entre a versão em português e a versão em Hebraico, mas os dois acima são os mesmos. Aqui podemos entender que o termo Satã foi utilizado para significar inimigo, a melhor tradução seria: Inimigo não há, nem calamidade alguma.

1Kings 11:14 וַיָּ֨קֶם יְהוָ֤ה שָׂטָן֙ לִשְׁלֹמֹ֔ה אֵ֖ת הֲדַ֣ד הָאֲדֹמִ֑י מִזֶּ֧רַע הַמֶּ֛לֶךְ ה֖וּא בֶּאֱדֽוֹם׃

1Kings 11:14 O Senhor levantou contra Salomão um adversário, Hadade, o edomeu; o qual era da estirpe real de Edom.

O texto acima deixa ainda mais claro que o significado é inimigo, e de fato, ficaria mais coerente se traduzirmos: “O Senhor levantou contra Salomão um inimigo, Hadade, o edomeu; o qual era da estirpe real de Edom.”

1Kings 11:23 וַיָּ֨קֶם אֱלֹהִ֥ים לוֹ֙ שָׂטָ֔ן אֶת־רְז֖וֹן בֶּן־אֶלְיָדָ֑ע אֲשֶׁ֣ר בָּרַ֗ח מֵאֵ֛ת הֲדַדְעֶ֥זֶר מֶֽלֶךְ־צוֹבָ֖ה אֲדֹנָֽיו׃

Todos os textos a seguir tratam da mesma forma o termo, que poderia ser traduzido de forma mais precisa como inimigo.

1Kings 11:23 Deus levantou contra Salomão ainda outro adversário, Rezom, filho de Eliadá, que tinha fugido de seu senhor Hadadézer, rei de Zobá.

1Kings 11:25 E foi adversário de Israel por todos os dias de Salomão, e isto além do mal que Hadade fazia; detestava a Israel, e reinava sobre a Síria.

1Kings 20:20 E eles mataram cada um o seu adversário. Então os sírios fugiram, e Israel os perseguiu; mas Bene-hadade, rei da Síria, escapou a cavalo, com alguns cavaleiros.

1Chr. 21:12 ou três anos de fome; ou seres por três meses consumido diante de teus adversários, enquanto a espada de teus inimigos te alcance; ou que por três dias a espada do Senhor, isto é, a peste na terra, e o anjo do Senhor façam destruição por todos os termos de Israel. Vê, pois, agora que resposta hei de levar a quem me enviou.

Os textos de Esdras 4:1, Neemias 9:27, Ester 7:4 e 7:6 usam outros termos, o mais comum é Tzar, ou seja, um opressor e não inimigo.

Em Salmos 109, o termo aparece duas vezes, uma no versículo 6 e outra no vinte, e estão relacionados a pessoas que falam mal e incitam contra o salmista conforme podemos ler a seguir:

Psa. 109:6 הַפְקֵ֣ד עָלָ֣יו רָשָׁ֑ע וְ֝שָׂטָ֗ן יַעֲמֹ֥ד עַל־יְמִינֽוֹ׃

“Põe sobre ele um ímpio, e esteja à sua direita um acusador.”

(Psalms 109:6 ALMEIDA)

Psa. 109:20 זֹ֤את פְּעֻלַּ֣ת שֹׂ֭טְנַי מֵאֵ֣ת יְהוָ֑ה וְהַדֹּבְרִ֥ים רָ֝֗ע עַל־נַפְשִֽׁי׃

“Seja este, da parte do Senhor, o galardão dos meus adversários, e dos que falam mal contra mim!”

(Psalms 109:20 ALMEIDA)

Infelizmente a tradução acima de Almeida é uma das piores que já vi, o texto traduzido de forma literal seria muito mais simples e mais exato e ficaria assim:

“Esta é a ação dos meus opositores da parte do Senhor, e os que falam mal sobre minha alma.”

A palavra galardão, pagamento ou consequência nem mesmo aparece no texto, foi simplesmente inserida por Almeida que tentava entender o texto.

O livro que mais fala sobre o caráter e a ação de Satanás ou Satã de uma forma geral é o Livro de Jó, e aparece nele 14 vezes, creio que o suficiente para aprendermos muito sobre sua forma de ação e seu caráter destrutivo. No livro de Jó podemos ver o termo Satã em todos os seus aspectos citados acima, como inimigo, adversário, incitador, enganador, provocador e a lista é grande. Vejamos o que aprendemos com o texto, leia cuidadosamente Jó 1:6 até Jó 2:7.

“Ora, chegado o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, veio também Satanás entre eles. O Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? E Satanás respondeu ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo Jó, que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Então respondeu Satanás ao Senhor, e disse: Porventura Jó teme a Deus debalde? Não o tens protegido de todo lado a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicam na terra. Mas estende agora a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e ele blasfemará de ti na tua face! Ao que disse o Senhor a Satanás: Eis que tudo o que ele tem está no teu poder; somente contra ele não estendas a tua mão. E Satanás saiu da presença do Senhor. Certo dia, quando seus filhos e suas filhas comiam e bebiam vinho em casa do irmão mais velho, veio um mensageiro a Jó e lhe disse: Os bois lavravam, e as jumentas pasciam junto a eles; e deram sobre eles os sabeus, e os tomaram; mataram os moços ao fio da espada, e só eu escapei para trazer-te a nova. Enquanto este ainda falava, veio outro e disse: Fogo de Deus caiu do céu e queimou as ovelhas e os moços, e os consumiu; e so eu escapei para trazer-te a nova. Enquanto este ainda falava, veio outro e disse: Os caldeus, dividindo-se em três bandos, deram sobre os camelos e os tomaram; e mataram os moços ao fio da espada; e só eu escapei para trazer-te a nova. Enquanto este ainda falava, veio outro e disse: Teus filhos e tuas filhas estavam comendo e bebendo vinho em casa do irmão mais velho; e eis que sobrevindo um grande vento de além do deserto, deu nos quatro cantos da casa, e ela caiu sobre os mancebos, de sorte que morreram; e só eu escapei para trazer-te a nova. Então Jó se levantou, rasgou o seu manto, rapou a sua cabeça e, lançando-se em terra, adorou; e disse: Nu saí do ventre de minha mãe, e nu tornarei para lá. O Senhor deu, e o Senhor tirou; bendito seja o nome do Senhor. Em tudo isso Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.

Chegou outra vez o dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor; e veio também Satanás entre eles apresentar-se perante o Senhor. Então o Senhor perguntou a Satanás: Donde vens? Respondeu Satanás ao Senhor, dizendo: De rodear a terra, e de passear por ela. Disse o Senhor a Satanás: Notaste porventura o meu servo Jó, que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal? Ele ainda retém a sua integridade, embora me incitasses contra ele, para o consumir sem causa. Então Satanás respondeu ao Senhor: Pele por pele! Tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende agora a mão, e toca-lhe nos ossos e na carne, e ele blasfemará de ti na tua face! Disse, pois, o Senhor a Satanás: Eis que ele está no teu poder; somente poupa-lhe a vida. Saiu, pois, Satanás da presença do Senhor, e feriu Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até o alto da cabeça.”

(Job 1:6–2:7 ALMEIDA)

Já no primeiro versículo aprendemos que Satã se mistura entre os anjos de Adonai, afim de acusar os servos do Altíssimo. No versículo 2 aprendemos que uma de suas características é Shut, ou seja, no lugar de rodear, significar vaguear, como um barco que vai de porto em porto. No versículo 8 Adonai nos revela que Satã observa seus servos, e no versículo 9 ele provoca Adonai acusando Jó de servi-lo em vão, somente por que prospera. Satanás discursa dizendo que bem como Jó serve a Deus quando prospera, qualquer um poderia servir até mesmo a ele se prosperasse por causa do mesmo. A lição que aprendemos aqui é que a riqueza e prosperidade pode ser a motivação pela qual amamos a Deus, se não tivermos ambos, Satanás acredita que cairemos e não vamos nos levantar, e este é o primeiro campo de ataque dele na vida de todos que amam a Adonai. Nos versículos seguintes aprendemos que em certas situações Adonai permite ao inimigo tocar em nossas vidas, mesmo quando nada está errado. Jó fazia tudo certo, mas Adonai permitiu que ele passa-se por tamanha provação afim de que ele saísse ainda mais vitorioso e firme no Senhor.

É importante notar que a estratégia satânica neste texto é como uma avalanche, não somente uma catástrofe de grandes proporções atinge a Jó, mas uma série delas, tornado-o literalmente miserável em todos os aspectos. As notícias mais terríveis que um homem pode receber chegam a Jó uma após a outra e tem como objetivo final levar Jó a blasfemar e rejeitar o senhorio de Adonai em sua vida.

A última vez que o termo aparece no Livro de Jó está relacionado ao seu poderio em destruir vidas quando Adonai o permite. As consequências na vida de Jó foram desastrosas, isto nos ensina o quanto devemos vigiar e estarmos prontos para os dias mais difíceis de nossas vidas. Nossa confiança e esperança deve estar somente no Eterno, mesmo diante das adversidades da vida. Jó superou todas as adversidades e saiu vencedor, mas milhões desistem no caminho e caem sem se levantar. É importante notar que em seu caráter, o nosso inimigo faz uso da palavra de Adonai, manipulando-a a seu favor afim de levar muitos a destruição, esta forma de ação está clara desde o Éden até o Apocalipse, porém a ação do inimigo no Éden e no Apocalipse serão tratadas em outros estudos mais direcionados.

Aprendemos porém que no Hebraico, Satan não é necessário somente uma pessoa que é o principal inimigo de Adonai, mas podem ser pessoas que até mesmo estão próximas a nós como os generais filhos de Zeruia que incitaram Davi a matar Simei. Portanto, devemos vigiar, pois podemos estar sendo postos a prova por parte de Adonai em situações que aparentemente são banais em nossas vidas.

Que Adonai nos Abençoe desde Sião e nos dê sabedoria e discernimento nos dias da adversidade.

Desde Sião

Miguel Nicolaevsky, Diretos do Cafetorah.com