Ron Huldai, Prefeito de Tel Aviv abandonou corrida eleitoral

O prefeito de Tel Aviv-Yafo e presidente do Partido Israelense, Ron Huldai, anunciou sua renúncia esta noite (quinta-feira) da corrida pelo 24º Knesset, depois que as negociações com o presidente do Partido Trabalhista, Merav Michaeli, explodiram durante o primeiro dia.

Pouco antes disso, o presidente do partido Tnufa, o parlamentar Ofer Shelach também anunciou sua retirada das eleições, depois que a mesma Merav Michaeli anunciou que ela não se uniria a seu partido.

Em seu pronunciamento esta noite, Huldai reiterou as razões pelas quais decidiu concorrer às eleições, incluindo a grave crise causada pela pandemia do Coronavírus e a necessidade de substituir “um primeiro-ministro acusado de crimes” – mas acrescentou que ele falhou e que ele assumiu total responsabilidade por isso.

“Fiz o meu melhor”, disse Huldai. “Eu fundei o Partido Israelense. Eu fui acompanhado por parceiros e parceiras – criadores de valor de várias áreas – que se alistaram nesta importante missão. Trabalhei com pessoas excelentes que se preocupam e agradeço a cada um deles por isso. não tivemos sucesso nesta missão.”

Merav Michaeli tem se mostrado uma política ambiciosa e que rejeita qualquer um que deseja se posicionar a sua frente, mesmo sabendo que seu partido, o Partido do Trabalho – Avodah, está prestes a ser apagado da política israelense, sua ambição poderá levar o maior partido da história de Israel a se tornar apenas parte do passado distante e glorioso.