Sete dias após a tempestade em Jerusalém e os problemas continuam

Curso Herança Judaica do Novo Testamento

Nossa equipe esteve hoje pela manhã na Cidade Santa para verificar se os problemas causados pela tempestade já haviam cessado, mas infelizmente descobrimos que ainda falta muito a ser feito afim de que a cidade volte a rotina.

Jerusalém está passando por dias complicados, ainda há neve misturada como a sujeira dos carros por todo canto, os jardins estão um tanto perigosos, pois a neve se transformou em sua maior parte em gêlo, o que dificulta muito a caminha, oumentando o risco de acidentes.

Além dos problemas com a neve, devido ao grande número de turistas que chegaram na cidade por causa da neve, é grande o acúmulo de lixo nos parques e jardins.

Segundo a prefeitura, a maioria das instituições educacionais da cidade deverão funcionar hoje normalmente, a empresa que opera o trem leve de Jerusalém também declarou que hoje a linha voltará ao normal em todo o percurso.

Todas a linhas de ônibus para Jerusalém e dela para outras localidades em Israel voltaram ao normal, mas as estradas continuam perigosas, principalmente devido ao acúmulo de neve e gelo nas laterais das pistas e em alguns casos, somente uma pista está liberada para trânsito.

Ontem, devido a uma série de problemas de socorro e operações durante a tempestade, o parlamento de Israel iniciou uma discussão sobre as falhas no atendimento ao público durante a tempestade e após ela.

A oposição esteve pressionando para abrir uma comissão investigatória, o que será dificil de acontencer, principalmente por que não têm maioria no parlamento.

Apesar de tudo, a cidade ainda está linda mesmo com pouca neve e muita confusão, esta foto ao lado foi tirada ao nascer do Sol, hoje, sete dias após a maior tempestade de neve em Jerusalém no mês de Dezembro por mais de um século.

Viva Jerusalém!