Soldado de 21 anos morto em atentado palestino

O incidente grave ocorreu durante uma operação militar na Samaria, onde o combatente Golani, primeiro sargento Amit Ben Yigal, 21, de Ramat Gan, foi morto no início da manhã de hoje, 12 de Maior de 2020, por uma pedra jogada na cabeça em uma atividade operacional para prender quatro suspeitos na vila de Yabed, no noroeste da Samaria.

Havia censura sobre o caso até que todos os familiares pudessem ser contactados e estarem cientes antes da imprensa divulgar.

Após o incidente, outros combatentes das Forças de Defesa de Israel começaram a vasculhar o bairro onde mora o terrorista que estava atirando as pedras, e uma caçada a ele foi imposta após o incidente.

Na foto acima, combatentes das Forças de Defesa de Israel realizando buscas na Samaria. O terrorismo palestino continua a todo vapor, mesmo debaixo da crise do Coronavírus.

Fonte e imagem: Porta-voz das Forças de Defesa de Israel