Tensão em Gaza poderá levar a conflito nos próximos dias

Gaza – Após um incidente em que os soldados de Israel confundiram um ativista do Hamas com o terrorista, o que é realmente impossível de se distinguir, e tê-lo matado ao se aproximar da cerca de segurança, agora o Hamas está ameaçando disparar centenas de mísseis contra Israel.

Cerca de 6.000 palestinos estão manifestam violentamente em vários locais ao longo da fronteira com a Faixa de Gaza. Eles atiram pedras na cerca e alguns tentam sabotá-la. Alguns dos manifestantes lançam dispositivos explosivos na cerca. Além disso, vários suspeitos atravessaram a cerca no sul da Faixa de Gaza e retornaram a Gaza pouco depois.

Fathi Hamad, um ativista do Hamas, ameaçou em discurso aos manifestantes nas passeatas da Faixa de Gaza que “apesar do pedido de desculpas israelense, vingaremos o assassinato do ativista militar ontem”.

Hamas dará a Israel uma extensão de uma semana para implementar os entendimentos do acordo, e se eles não forem implementados, os jovens de Gaza voltarão para enfrentar Israel”, acrescentou Hamad.

Em resposta as ameaças do Hamas, as Forças de Defesa de Israel estão levando a sério e colocando o sistema de defesa aéreo, Iron Dome – Domo de Ferro de prontidão em toda a região sul e central do país. Tudo indica que as próximas horas e dias são decisivos, e a região poderá se encontrar em mais uma rodada de violência.