Oportunismo de terrorista palestino não tem limites

Acredite ou não, este não é o primeiro caso e provavelmente não será o último em que terroristas palestinos se entregam para receber dinheiro as custas da Autoridade Palestina, que com dinheiro de países europeus e da América Latina, financiam as organizações terroristas.

A promotoria de Israel apresentou uma acusação contra Nabil Abu Sanima, um morador de Gaza de 25 anos, por violações da segurança contra o Estado de Israel.

De acordo com a acusação, ele se juntou à organização Jihad Islâmica e participou da construção e manutenção de túneis terroristas. Em 24 de setembro, ele chegou à fronteira com outro residente de Gaza, com o objetivo de ser preso e receber um salário durante sua estada na prisão.

Infelizmente esta mamata palestina não vai acabar enquanto não houver pena de morte para os palestinos e confisco de todos os bens para o estado, além da eliminação de qualquer benefício aos parentes. A mente podre deste terroristas palestinos ultrapassa os limites da sobriedade.

Eu sinceramente espero que este verme chamado Nabil Abu Sanima simplesmente apodreça na cadeia.

2 comentários em “Oportunismo de terrorista palestino não tem limites”

  1. Quem paga salário a terrorista preso?Se for o estado de Israel ,isso é um enorme erro.Se for a própria organização terrrorista do Hamas com dinheiro que vem da ONU e de certos países árabes,isso é erro também pois é um grande incentivo à continuidade do terrorismo.Cada família de um terrorista morto recebe muito dinheiro do Hamas.
    A ONU e certos países árabes têm de parar de enviar dinheiro aos terroristas!
    Dinheiro assim está a serviço do mal pois o estimula!
    “Tira o perverso da presença do rei e o seu trono se firmará na justiça”(pv 25.5).

Os comentários estão encerrado.